Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mercado de plataforma como serviço deve movimentar US$ 1,2 bilhão neste ano

Postado em: 20/11/2012, às 08:42 por Redação

O mercado de soluções de plataforma como serviço (PaaS, na sigla em inglês) deve movimentar US$ 1,2 bilhão neste ano. Se confirmado, o resultado representará um crescimento de 13% na comparação com os US$ 900 milhões registrados em 2011, de acordo com estudo do Gartner. A projeção da consultoria é que a indústria tenha expansão consistente ao longo dos próximos anos e alcance receita de US$ 1,5 bilhão em 2013. Para 2016, a estimativa é que o número quase dobre e chegue a US$ 2,9 bilhões.

Dentre os segmentos do mercado de PaaS, as plataformas de aplicações como serviço (aPaaS), representarão 34,4% do total da receita neste ano. Já os serviços de application lifecycle management em nuvem (ALM PaaS) serão responsáveis por 12%, enquanto os serviços de BPM (gerenciamento de processos de negócio),11,6%. Os serviços de nuvem de integração (iPaaS) responderão por 11,4% da receita. O Gartner prevê que os potenciais gastos em tecnologias de PaaS serão, em média, de US$ 360 milhões por ano, no período de 2011 a 2016.

Ainda de acordo com a consultoria, o gasto mundial com soluções de PaaS é quase totalmente gerado pelos EUA, que atualmente são responsáveis por 42 % do mercado, seguidos pela Europa e pela região da Ásia-Pacífico. Todas as economias consideradas maduras combinadas representam quase 90% dos gastos mundiais com PaaS.

"De todos os aspectos tecnológicos em cloud computing, soluções de infraestrutura como serviço (IaaS) e de software como serviço (SaaS) são as mais bem estabelecidas no cenário competitivo, enquanto PaaS é o menos evoluído", ressalta Fabrizio Biscotti, diretor de pesquisa do Gartner. "Por esta razão, PaaS será o segmento que motivará a batalha entre fornecedores a se intensificar ainda mais.”

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top