Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Aprovada a criação de indicador de inclusão digital

Postado em: 20/12/2011, às 10:27 por Redação

A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados aprovou na semana passada o Projeto de Lei 7351/10, do deputado Roberto Britto (PP-BA), que institui o Índice Brasileiro de Inclusão Digital (Ibid), com o objetivo de medir o grau de participação do cidadão, de empresas e dos governos na sociedade da informação. Conforme a proposta, os dados que vão compor o índice serão definidos e coletados pelo Poder Público por meio da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e divulgados trimestralmente.

Os dados do ibid, de acordo com o projeto, deverão abranger informações como o grau de utilização de recursos de informática pelo cidadão, com vistas a acessar e utilizar redes de computadores, inclusive a internet; o uso da informática no setor privado e a oferta de bens e serviços por meio do comércio eletrônico; a utilização da informática, a oferta de serviços e informações ao cidadão por redes de computadores, inclusive a internet; e a promoção da transparência no exercício de suas atividades, pelos órgãos e entidades da administração pública federal, direta ou indireta, inclusive as fundações e demais organizações sob o controle direto ou indireto da União, dos estados e municípios.

O relator na comissão, deputado Francisco Floriano (PR-RJ), defendeu a aprovação da matéria. Ele ressaltou que o sucesso de políticas públicas de massificação da internet depende da implantação de formas de coleta de dados e aferição de resultados. "Essa sistemática assegura o contínuo aperfeiçoamento do processo e confere transparência às ações implementadas pelo Poder Público." Na opinião do parlamentar, o indicador contribuirá também para auxiliar os gestores públicos na gestão do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL – Decreto 7.175/10), para redefinir metas e avaliar a eficácia das medidas adotadas.

O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. As informações são da Agência Câmara.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top