Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Alsco reforça estratégia de recuperação de desastres em data Center

Postado em: 21/11/2011, às 16:12 por Redação

A Alsco, com sede em Salt Lake City, nos EUA, é uma empresa da área têxtil com mais de 300 mil clientes em 12 países, nos cinco continentes, e que oferece serviços de aluguel e limpeza de guardanapos, toalhas de mesa, uniformes e outros materiais para clientes como o Outback Steakhouse e o Olive Garden, além de outros serviços.
Como resultado de uma aquisição, a Alsco ganhou um data center localizado em Atlanta, atualmente utilizado pela companhia como site de recuperação de desastres. Mas devido à distância e a consequente latência, a Alsco começou a sofrer com os efeitos da lentidão na replicação.
“Nosso processo de replicação demorava horas e a rede era sobrecarregada durante as recuperações, o que resultava em uma série de interrupções”, conta Darin Regis, gerente de rede da Alsco. “Depois da integração com os dispositivos Steelhead, conseguimos uma redução de 75% de tempo do processo e dobramos o volume de dados transferidos de Salt Lake City para Atlanta, de 700GB para 1.400GB, sem aumentar a janela de backup”.
A instalação dos dispositivos Steelhead, da Riverbed, reduziu o tempo de replicação e recuperação, permitindo que a Alsco melhorasse os seus objetivos de tempo de recuperação (RTO), assim como os objetivos de ponto de recuperação (RPO). A companhia conta com uma estratégia de recuperação de desastre mais rápida e confiável, sem necessidade de aumentar custos ou interferir na produtividade.
“Milhares de clientes do setor de serviços dependem de nós para que tenham sempre suas roupas de mesa e uniformes em ordem e organizados”, diz Regis. “Sem um bom planejamento de recuperação de desastres ativo, uma pane poderia ter um efeito devastador nas operações e interferir nos negócios dos nossos clientes”.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top