Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Editora dos EUA quer deixar que conteúdo de livros eletrônicos seja alterado

Postado em: 22/02/2010, às 11:04 por Redação

A editora de livros americana Macmillan dediciu criar um sistema na web, semelhante ao da enciclopédia virtual Wikipédia, que permitirá a contribuição dos leitores de livros eletrônicos, e acabou abrindo uma enorme polêmica com autores e órgãos de direitos autorais dos Estados Unidos. De acordo com o New York Times, a empresa vai lançar um software, chamado DynamicBooks, que permitirá que professores universitários alterem os conteúdos de livros didáticos sem que os autores sejam consultados.
Com o programa, diz o jornal, os professores poderão adicionar fotos, vídeos, arquivos de áudio e até mesmo informações aos textos originais, mas o que está gerando mais controvérsia ainda é a possibilidade de reescrever ou apagar completamente os textos orignais. "Basicamente, a ferramenta permite que eles acessem os livros pela internet, entrem com seus cadastros e mudem o que bem entender sem nenhum tipo de fiscalização", declarou o presidente da Macmillan, Brian Napack.
Até agosto, a editora pretende lançar cerca de cem títulos com o DynamicBooks instalado e quer se reunir com outras editoras para criar um novo mercado de livros "alteráveis" por meio do software. Os livros poderão ser baixados no site www.dynamicbooks.com.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top