Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Previdência amplia capacidade de atendimento do call center

Postado em: 22/06/2007, às 19:44 por Redação

A Provider Soluções Tecnológicas, com sede em Recife, venceu a licitação, para ampliar a nova central de teleatendimento 135 do INSS, que permitir aumentar o número de ligações atendidas para cerca de 10,5 milhões por mês.

O ministro da Previdência Social, Luiz Marinho, e o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Marco Antonio de Oliveira, anunciaram nesta sexta-feira (22/6), em Caruaru (PE), a ampliação do serviço à população.

O ministro destacou que, além de aumentar a capacidade de atendimento, a nova central tem um importante papel, pois, inicialmente, será a única a realizar a confirmação do agendamento de atendimento. "A ampliação do atendimento e a confirmação dos agendamentos são fundamentais para acabar com as filas e atender aos nossos segurados de forma cada vez mais rápida e eficiente", afirmou o ministro.

Marinho anunciou que em 60 dias, no máximo, todos os serviços via telefone oferecidos pela Previdência Social estão unificados na central 135. O objetivo é facilitar a vida de aposentados pensionistas e segurados em geral. Atualmente, alguns serviços são oferecidos pelo PrevFone.

A nova central, que deve atender cerca de 4,5 milhões de ligações de beneficiários por mês, contribuirá ainda mais para a redução das filas nas Agências da Previdência Social (APSs), segundo o ministro, porque com mais atendentes e um número maior de linhas disponíveis, o acesso à Central 135 ficará mais fácil.

As ligações serão gratuitas quando forem realizadas de telefone fixo. Quem ligar de celular pagará a ligação, porém o valor cobrado será o de tarifa local.

A central de Caruaru tem 600 posições de atendimento (PAs) e uma equipe de 1.319 funcionários – 1,2 mil operadores, um gerente-geral, quatro gerentes de recursos humanos, 20 multiplicadores de conhecimento (atualização, capacitação, reciclagem), oito coordenadores, 80 supervisores, 10 analistas de tecnologia da informação e 10 profissionais de suporte administrativo.

A Previdência Social contava com três centrais de teleatendimento, localizadas em Salvador (BA), Recife (PE) e Brasília (DF), que atendem aproximadamente seis milhões de chamadas mensais e funcionam para os serviços de agendamento de atendimento nas APSs e realização de perícia médica, além de oferecer orientação e informação aos segurados e contribuintes da Previdência Social.

A escolha dessa nova central de teleatendimento 135, em Caruaru, foi definida pela empresa vencedora da licitação, que poderia escolher qualquer município-sede de gerência executiva do INSS.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top