Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CPI da Pedofilia ouve representantes do MSN e da Abranet

Postado em: 22/08/2008, às 19:43 por Redação

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia realizará na terça-feira, 26, audiência pública com Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor-geral do MSN/Hotmail no Brasil, e Eduardo Fumes Parajo, presidente da Associação Brasileira de Provedores de Internet (Abranet). O objetivo dos senadores é buscar formas de cooperação para reprimir o uso da internet para a prática da pedofilia.

O MSN é um portal da Microsoft que oferece notícias, entretenimento, paquera, compras, e-mail grátis (Hotmail) e o mais conhecido sistema de bate-papo do Brasil, especialmente popular entre o público infantil e adolescente. Pelo bate-papo do MSN é possível, inclusive, a conexão com o uso de webcams.

Para o dia 2 de setembro, está prevista audiência pública com a participação do secretário especial de Direitos Humanos da Presidência da República, Paulo Vannuchi. Também foram convidados para o debate Carmem Silveira de Oliveira, subsecretária de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente; Laila Paiva, coordenadora do Programa de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; e Ana Maria Drummond, representante do Instituto WCF-Brasil.

Ainda em setembro, a CPI deverá ouvir, no dia 11, o economista José Carlos Jacob de Carvalho. Ex-assessor do Senado e do Banco Central, ele é acusado de divulgar imagens de pornografia infantil pela rede mundial de computadores. No dia 16, serão ouvidos Amarildo Mullinare e Joster Alves, radialistas de Niquelândi, Goiás, que deverão falar sobre um caso de abuso sexual investigado naquela cidade.

No dia 25, deverão falar à comissão Jorge Barbosa Pontes, chefe da Interpol; José Carlos Cosenzo, presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp); e Marfran Martins Vieira, presidente do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União; além de um representante da Receita Federal.

No intuito de esclarecer questões técnicas relativas à pedofilia e ao atendimento às vítimas de abuso sexual, os senadores deverão realizar, no dia 6 de novembro, audiência com os psicólogos Vicente Faleiros, pesquisador da Universidade de Brasília (UnB), e Viviane dos Santos, coordenadora da Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal.

Na quarta-feira, 20, a CPI aprovou requerimentos convidando os executivos Carlos Pires, do Skype, e Divino Sebastião, da Companhia de Telecomunicações do Brasil Central (CTBC), para prestarem esclarecimentos ao colegiado (veja mais informações em "links relacionados" abaixo).

Com informações da Agência Senado.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top