Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Estadio baiano implementa armazenamento em rede

Postado em: 22/08/2011, às 17:13 por Redação

A Iomega, empresa de soluções de gerenciamento de conteúdo e armazenamento digital, instalou seu lançamento px4-300r no Estádio de Pituaçu em Salvador na Bahia. Sua última reforma, de 2009, aumentou a capacidade de 16 mil para mais de 32 mil lugares.
O Pituaçu também teve a instalação de 115 câmeras IP da Axis e um StorCenter ix4-200r para monitoramento do estádio. Dois anos após a entrega das obras, a empresa atualiza os equipamentos e instala o StorCenter px4-300r.
"Dentro do projeto de reforma era necessário a criação de um sistema de monitoramento, exigido para todos os estádios no Brasil, que auxilia ainda na segurança dos torcedores e também para preservação de patrimônio", analisa Marcone Cerqueira, diretor de tecnologia da FlashNet Ltda, que instalou o sistema.
A direção do estádio de Pituaçu buscou modernizar sua ferramenta pela necessidade de um sistema operacional mais amigável e com uma capacidade de gravação de imagens imediata, sem precisar passar pelo servidor. "O equipamento em rede facilitou muito a instalação, a capacidade de armazenamento é muito boa, além de ser um produto em rack, o que facilita a operação no nosso centro de monitoramento".
Para o administrador do Estádio Roberto Santos (Pituaçu), Hélio Ferraro, uma das principais preocupações dos órgãos oficiais, incluindo o Ministério Público, é com a segurança. Por esse motivo decidiu-se implementar um sistema de monitoramento com câmeras de vídeo com tecnologia totalmente digital, que pudesse ser ampliado e que oferecesse alta confiabilidade.
Os benefícios vão além da tecnologia. Por ser agora mais seguro, o estádio pode se candidatar a receber eventos esportivos de maior relevância ou outros segmentos como congressos e convenções, o que pode incrementar o faturamento e impactar os negócios.
"Este caso mostra que mesmo produtos voltados para pequenas e médias empresas também podem integrar grandes projetos. À procura de novos mercados, focamos neste ano em vídeo vigilância através de uma parceria global com a Axis e já temos resultados expressivos no Brasil", revela Guilherme Soares, gerente geral da Iomega para América Latina.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top