Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Receita da Positivo cresce 26% no 3º trimestre

Postado em: 22/10/2009, às 15:39 por Redação

A Positivo Informática divulgou nesta quinta-feira, 22, o resultado financeiro preliminar do terceiro trimestre. A receita líquida da fabricante de PCs ficou em R$ 642,9 milhões, crescimento de 26% em relação ao mesmo período de 2008, quando obteve receita de R$ 510,4 milhões. O resultado também representa aumento de 24,5% frente à receita líquida de R$ 516,3 milhões registrada no segundo trimestre deste ano.
No período, a Positivo registrou recorde de volume de vendas, totalizando 528,5 mil PCs, um aumento de 20,9% na comapração com o terceiro trimestre de 2008 e de 19,4% em relação ao segundo trimestre deste ano.
As vendas de desktops somaram 313,82 mil unidades entre julho e setembro, crescimento de 6,3% na comparação anual e de 19,7% frente ao segundo trimestre. Com isso, a receita líquida com desktops foi de R$ 344,9 milhões, alta de 7% frente o mesmo período do ano passado e de 31,4% ante o segundo trimestre deste ano.
Já os notebooks registram volume de vendas 51% superior na comparação anual e 19,1% maior ante o segundo trimestre, fechando o terceiro trimestre com 214,69 mil unidades vendidas. A receita líquida com notebooks foi de R$ 282,4 milhões, alta de 71,9% em relação ao mesmo período de 2008 e de 19,4% na comparação com o segundo trimestre.
O destaque negativo ficou por conta das vendas de netbooks, o que até surpreende já que os PCs ultraportáteis vêm apresentando bom desempenho de vendas no mundo. No terceiro trimestre, a Positivo apurou receita líquida de R$ 11,5 milhões com a venda de netbooks, recuo de 24,9% na comparação anual e de 58,8% em relação ao segundo trimestre.
Entre julho e setembro, a fabricante brasileira de PCs comercializou 10,26 mil unidades de netbooks, um declínio de 47,3% frente ao terceiro trimestre de 2008 e decréscimo de 62,5% ante o segundo trimestre deste ano.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top