Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sony e Panasonic têm ratings de crédito rebaixados

Postado em: 22/11/2012, às 11:29 por Redação

A Sony e a Panasonic tiveram seus ratings de crédito rebaixados pela agência de classificação de risco Fitch nesta quinta-feira, 22. A classificação da Sony passou de BBB- para BB-, enquanto a da Panasonic foi de BBB- para BB. Segundo o jornal britânico Financial Times, a Fitch justificou os cortes citando uma longa lista de desafios para as empresas, incluindo a perda de liderança tecnológica em produtos-chave, além da valorização do iene, moeda do Japão, país de origem das duas companhias. As classificações de duplo B indicam que as empresas estão vulneráveis para honrar o pagamento de suas dívidas ao longo do tempo, embora tenham flexibilidade suficiente para manter o serviço da dívida.

Os rebaixamentos ocorrem em um cenário em que as companhias sofrem com grande competitividade no segmento de televisores e outros produtos fundamentais para ambas. A Panasonic anunciou demissões e um plano de reestruturação depois de declarar que espera um prejuízo equivalente a US$ 9,6 bilhões em seu ano fiscal de 2013, que encerra em março. Já a Sony registrou o quarto prejuízo trimestral consecutivo que, apesar de ter sido menor que o do trimestre anterior, ficou em US$ 194 milhões em seu segundo trimestre fiscal.

O chefe de pesquisa corporativa asiática da Fitch, Matt Jamieson, declarou que se as empressas se adiantarem para resolver problemas em áreas de risco, como TVs, no caso da Sony, e computadores pessoais, no caso da Panasonic, os rebaixamentos não serão necessariamente levados adiante. Ainda assim, ele disse que "as reputações das companhias foram atingidas a ponto de levar um longo tempo para voltarem ao que era".

A Standard & Poor's e a Moody's Investors Service também rebaixaram, recentemente, a classificação de crédito das duas companhias japonesas.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top