Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Como as novas tecnologias podem ajudar os contact centers na cobrança do inadimplente

Postado em: 24/05/2012, às 18:35 por Redação

O Brasil vive um momento econômico favorável. As pessoas estão tendo mais acesso ao crédito, consumindo mais e muitas delas se desorganizam nos parcelamentos a perder de vista e acabam caindo na lista dos inadimplentes. Os jovens estão entre os que mais devem. Provavelmente pela inexperiência com o uso dos cartões de crédito e cheques. Por isso, a utilização das novas tecnologias na cobrança é garantia de bons resultados.

Dados da Associação Comercial de São Paulo mostra que 2,4 milhões de jovens entre 15 e 24 anos são inadimplentes. As informações apontam que 67% dos devedores têm menos de 35 anos. Certamente, porque os mais velhos já aprenderam que é melhor se controlar na hora das compras para não ter o crédito barrado.

Diante deste cenário, estão surgindo também novas as formas de cobrança. Afinal, para atingir um objetivo é preciso ter foco no alvo. Se os inadimplentes são jovens, como atingi-los? Uma boa alternativa é investir nas novas tecnologias. Eu não conheço nenhuma pessoa que não possua um celular, mesmo um modelo simples. É claro que existem os resistentes aos novos brinquedos tecnológicos, mas são poucos. Por isso, uma opção é o envio de mensagens de texto para encontrar os inadimplentes.

A internet também é muito utilizada pelos mais jovens – as conhecidas gerações X e Y. Porque não utilizar as salas de bate papo para conversar com estes inadimplentes e solucionar a questão. A cobrança por cartas e telefonemas certamente ainda traz resultados positivos. Mas a cobrança deve se adaptar ao perfil do devedor. Além disso, quanto maior o número de alternativas que o contact center tiver para encontrar o inadimplente melhor serão os resultados.

Não podemos esquecer que a intenção é sempre fazer com que o devedor pague a sua dívida, mas mantê-lo como cliente. Não é porque teve o nome negativado uma vez que o inadimplente passa a ser um inimigo da empresa. Imprevistos acontecem e cabe aos contact centers oferecerem todas as alternativas possíveis para que o inadimplente seja encontrado e as pendências resolvidas.

Por isso, além de conversar com o jovem no ambiente em que ele está mais a vontade, os contact centers não podem esquecer que os atendentes devem estar sempre munidos do maior número possível de informações para conseguirem não só encontrar o devedor, mas também negociar com ele.

Investir em tecnologias de gestão do contact center é fundamental para isso. O sistema deve ser eficiente e atualizado. E quanto mais informações adequadas forem disponibilizadas para os atendentes melhores serão os resultados. Tudo isso só é possível com tecnologia avançada, um sistema integrado, que não possua informações duplicadas, por exemplo, e onde os dados possam ser atualizados em tempo real. Com certeza esta receita resultará em ótimos resultados.

Carlos Carlucci, country manager da Vocalcom Brasil.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top