Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Mercado Eletrônico lança BI para gestão de compras no padrão web 2.0

Postado em: 24/07/2007, às 22:04 por Redação

O Mercado Eletrônico, portal de negociações eletrônicas entre empresas, implantou um sistema de business intelligence com o propósito de tornar mais ágil a análise de custos e a tomada de decisão de compras dos clientes. Trata-se do BI ME (Business Intelligence Mercado Eletrônico), um serviço de relatórios estratégicos que permite aos clientes analisar processos, performance da equipe, gastos com suprimentos, avaliar fornecedores, entre outras informações importantes ao negócio.

O Mercado Eletrônico investiu R$ 1,5 milhão no novo serviço, que segue o conceito de colaboração e interação da web 2.0. A principal vantagem do BI ME, segundo a empresa, é possibilitar que os gestores de compras analisem estrategicamente, em um único ambiente, as informações registradas na solução e utilizem o resultado na gestão dos negócios.

"Criamos o serviço para proporcionar ganhos de processos em compras e possibilitar o planejamento estratégico da área. Com esse novo conceito de relatório, o cliente pode acompanhar, de forma rápida e em um mesmo ambiente, toda a área de compras. Ou seja, um gestor pode, por exemplo, analisar processos que geram gastos desnecessários, com famílias de compras que requerem maior atenção. Além disso, pode obter variações históricas de valores e até mesmo encontrar requisições emergenciais com muito mais facilidade. É possível avaliar os motivos que causaram tal procedimento e interceder com decisões acertadas", explica Eduardo Nader, presidente do Mercado Eletrônico.

Segundo ele, o BI ME também agrega benefícios tecnológicos, ao tornar mais ágeis as atividades de gestão de suprimentos. Isso é possível graças à substituição do método tradicional, no qual era preciso carregar a página e aguardar a filtragem dos dados para a consolidação das informações. Nader diz que o novo modelo possibilita que o cliente trabalhe com todos os dados na tela, sem a necessidade de abrir várias janelas ou clicar em diversos links para visualizar as informações.

Ainda segundo Nader, por meio da aplicação do conceito web 2.0, o usuário tem uma interatividade que não era possível no padrão HTML. "A web 2.0 traz uma série de novas possibilidades para o gestor de compras, proporcionando benefícios como mais rentabilidade para a companhia. Agora é possível gerenciar, ao mesmo tempo, todo o processo de compras com maior controle, redução de custos, aumento de produtividade, entre outros fatores que influenciam a tomada de decisões e garantem vantagem competitiva no mercado", conclui.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top