Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Vivo suspende venda do serviço de push-to-talk

Postado em: 25/07/2005, às 22:36 por Letícia Cordeiro

A Vivo suspendeu desde o dia 6 de junho a venda do serviço Vivo Direto, o serviço de push-to-talk (PTT) que até então vinha sendo oferecido apenas para o mercado corporativo. De acordo com a empresa, as vendas foram suspensas porque a operadora não possui em estoque aparelhos com a função PTT.
A Vivo iniciou a oferta do serviço com apenas dois modelos de aparelhos: um da Motorola e outro da Kyocera. O número de aparelhos para o lançamento não chegou a ser muito expressivo e ainda no primeiro trimestre deste ano houve fila de espera no segmento corporativo. Assim, a Vivo fez mais uma encomenda de 15 mil handsets para a Kyocera e a entrega, feita no final de fevereiro, não foi suficiente para a demanda do serviço de PTT.
Naquela ocasião, o vice-presidente de marketing e inovação da Vivo, Luis Avelar, afirmou que a expectativa era alcançar até o fim de junho 30 mil usuários no Vivo Direto.
A Vivo informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a expectativa é de que o serviço volte a ser comercializado a partir do dia 1º de agosto, quando a empresa deverá receber novas levas de aparelhos. A Motorola tem programados para o terceiro trimestre a entrega de três modelos com a função de PTT e a LG prevê o lançamento de um modelo. LG e Samsung trabalhavam em ajustes de especificações junto à Vivo desde o início do ano para o lançamentos de seus respectivos handsets PTT.

Reestruturação do serviço

Embora a falta de aparelhos no estoque tenha implicado suspensão da venda do Vivo Direto, fontes do mercado afirmam que esta paralisação se deve também à uma reestruturação que a operadora está implementando no serviço para atender a outros segmentos do mercado além do corporativo: o segmento jovem e grupos de famílias.
?Assim, aparelhos que ficariam prontos em julho, só serão entregues em agosto para que possam ser feitos arranjos de configuração nos handsets e para que a Vivo termine a definição de normas, procedimentos e tarifas em função dos novos planos?, comenta uma fonte próxima ao projeto.
Avelar, da Vivo, já havia adiantado ao Teletime News, no início do ano, que o segmento jovem seria o próximo mercado-alvo para o Vivo Direto. Assim, de acordo com informações do mercado, a operadora já encomendou cerca de 80 mil handsets PTT que também possuem função MP3, com perfil voltado para o público jovem.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top