Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Intel identificará hotspots com selo de qualidade

Postado em: 25/08/2005, às 21:10 por Redação

A Intel identificará com o selo ?Wi-Fi Access Here? todos os hotspots (pontos de acesso à tecnologia Wi-Fi) que passaram pelo seu controle de qualidade. Os selos serão colocados no quarto trimestre deste ano.

A empresa tem trabalhado com as operadoras de hotspots Telefônica e Vex para verificar e validar características técnicas para a tecnologia de acesso Wi-Fi Intel Centrino. ?Já verificamos centenas de hotspots em todo o País e o selo será a garantia de conectividade para equipamentos com Intel Centrino?, diz o gerente de plataformas de comunicações para América Latina da Intel, Américo Tomé.

A expectativa da empresa é de que até 2007 todos os notebooks fabricados com chips da Intel tenham Wi-Fi integrado.
Na palestra de abertura do Seminário "Mobilidade – As oportunidades de negócios on road?, que aconteceu nesta quinta, 25, em São Paulo, promovido pelas revistas TI Inside e Teletime, o gerente avaliou que a adoção de redes sem fio tem crescido de maneira acelerada e que a previsão para 2008 é de que a penetração dessas redes em ambientes residenciais seja de 16,14%; grandes empresas, 12,70%; pequenas e médias empresas, 11,98%; e educação, 11,67%.

WiMax

A Intel lançará no próximo dia 20 de setembro um teste piloto de WiMax na cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro. Segundo Tomé, esta será a primeira cidade brasileira totalmente coberta pela tecnologia de banda larga sem fio.

A Intel já iniciou a implantação dos equipamentos e o projeto é desenvolvido em parceria com o Proderj – gestor de tecnologia da informação e comunicação do governo do Estado do Rio de Janeiro.

No País, a Intel tem outros dois pilotos, um em Brasília e outro em Ouro Preto, mas são redes pontuais, interligando segmentos específicos como escolas, bibliotecas e órgãos do governo.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top