Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Receitas de portais com publicidade on-line deve crescer 16,2%

Postado em: 25/08/2008, às 14:08 por Redação

Estudo da empresa de pesquisa de internet eMarketer revela que Google, Yahoo e MSN continuarão a apresentar resultados positivos nos Estados Unidos neste ano, apesar das turbulências econômicas naquele país. O Google projeta crescer 27,4%, enquanto Yahoo, MSN e AOL, juntos, deve registrar expansão de 25,7% com propaganda na web

Os fortes resultados financeiros do Google no segundo trimestre, em que registrou 27% de crescimento em receitas líquidas com propaganda on-line nos Estados Unidos, são um sinal vigoroso para a indústria de publicidade na web, segundo estudo da empresa de pesquisa de internet eMarketer. De acordo com a empresa, o aumento das receitas valida as recentes projeções de que o Google, Yahoo e MSN continuarão a apresentar resultados positivos no mercado americano, apesar das turbulências econômicas, em especial o Google, cuja previsão é encerrar o ano com 27,4% de taxa de crescimento.

"Apesar de o Google ter hoje como principal fonte de expansão o mercado fora dos EUA, cujas receitas publicitárias na web devem registrar um aumento de 51,2% neste ano, a taxa de crescimento naquele país está longe de sofrer uma desaceleração", observa o analista sênior da eMarketer, David Hallerman. "O poder da busca paga continuou a alavancar a publicidade on-line."

Assim como o Google, seus principais concorrentes Yahoo, AOL e MSN, também devem ficar com uma fatia expressiva do mercado de publicidade na internet nos EUA, abocanhando, juntos, 25,7% de todos os investimentos em propaganda na web naquele país. Entre os três, o Yahoo e o MSN devem ter crescimento menor. O Yahoo deve registrar 8,2% de crescimento, ante 12% obtidos no ano passado, enquanto o MSN projeta uma queda de 14,3% no seu lucro líquido nos EUA, contra 22,6% em 2007.

Em termos de receita com publicidade on-line naquele mercado, o Google prevê encerrar o ano com US$ 7,63 bilhões, o Yahoo com US$ 3,62 bilhões, o MSN com US$ 1,59 bilhão e a AOL com US$ 1,16 bilhão, o que totalizará US$ 14 bilhões.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top