Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

SulComputer aposta na prevenção em TI para crescer

Postado em: 25/08/2008, às 17:24 por Redação

Falta no Brasil uma cultura preventiva no gerenciamento da infra-estrutura de TI. Esta é a avaliação de Carlos Alberto Kauer, diretor da SulComputer, integradora do Rio Grande do Sul. "A área de TI assim, como as demais das companhias, ainda atua de maneira muito reativa aos problemas".

A utilização da plataforma Kaseya de gerenciamento e automatização de infra-estrutura de TI na empresa faz parte da busca por disseminar este novo conceito de 'Prevenção em TI' no mercado brasileiro. "Nós ganhamos agilidade e um controle mais efetivo do processo de administração do parque tecnológico e de todo o ambiente de TI", aponta Kauer.

Segundo o executivo da integradora, os benefícios também foram estendidos para seus clientes. "Agora, eles não precisam parar suas atividades nem suas máquinas nos casos de reparo, pois, com a plataforma Kaseya, eles são feitos à distância, de forma instantânea e transparente ao usuário", diz Kauer.

Kauer também ressalta a possibilidade de gerar receita recorrente com o gerenciamento preventivo dos computadores e não mais a esporádica, gerada apenas pelo reparo de problemas.

Além do pronto atendimento, o gerenciamento à distância das redes de TI dos clientes trouxe uma importante economia para a SulComputer. Kauer calcula que cerca de 40% dos gastos, advindos do deslocamento, tenham sido eliminados com a plataforma Kaseya. "O aproveitamento dos técnicos também é muito maior", ressalta o executivo. Ele explica que o atendimento a um cliente levava entre três e quatro horas para ser concluído, incluindo o tempo usado no deslocamento do funcionário. "Hoje, um técnico qualificado pode atender até a cinco clientes em uma hora". Kauer ainda destaca o fim das barreiras geográficas, "não precisamos mais atender apenas aos clientes regionais, pois com a ferramenta Kaseya 80% dos reparos podem ser feitos à distância".

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top