Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Medir retorno sobre os investimentos é essencial em projetos de TI verde

Postado em: 25/10/2011, às 16:59 por Victor Hugo Cardoso Alves

Definir métricas para avaliar o retorno sobre os investimentos (ROI) em TI verde é essencial para as empresas e também para garantir a continuidade dos projetos de sustentabilidade envolvendo tecnologia. A opinião, em tom de alerta, é do superintende da área de TI do Banco Itaú, Júlio Cezar di Conti, que foi um dos palestrantes no Forum Green Tech 2011, nesta terça-feira, 25, evento promovido pela revista TI INSIDE e organizado pela Converge Comunicações.

O executivo observa que é por meio da tangibilidade dos projetos de TI verde, ou seja, do que pode ser medido e avaliado, que se consegue mostrar o resultado a alta direção da empresa e aos acionistas, e assim continuar a investir na implantação de estratégias de sustentabilidade. Um dos principais benefícios obtidos com o uso de métricas de ROI é a melhoria da eficiência energética, com a iminente redução dos custos com energia.

“A eficiência energética é quem paga a conta e que mostra resultados mais tangíveis”, pontua Di Conti. Como exemplo ele cita um projeto de modernização de um dos data centers do banco, que foi totalmente baseado em práticas de TI verde e proporcionou uma redução no consumo de energia de 43%. Em números, isso representou uma redução nos gastos com energia de R$ 500 mil por ano.

O Itaú conta com diversas iniciativas de TI verde. Uma delas é a já mencionada modernização do data center com práticas de TI verde, que envolveu entre outras coisas a consolidação de servidores, por meio de um projeto de virtualização de praticamente a metade do parque de máquinas, e a compra de equipamentos mais eficientes em termos de consumo de energia, como desktops e servidores. Além critérios de TI verde na aquisição de equipamentos, o banco também mantém um programa de reciclagem e descarte sustentável de lixo eletrônico, bem como o uso de um sistema de call center que dispensa a utilização de telefones tradicionais. Para garantir a continuidade dessas estratégias, assim como para mapear, quantificar e acompanhar os projetos e identificar novas oportunidades de uso de TI verde, o Itaú criou o Comitê de TI Verde, que respondem por todo o gerenciamento dos projetos e programas de sustentabilidade.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top