Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Banco Carrefour reduz custos com virtualização de ambiente de TI

Postado em: 25/11/2009, às 17:27 por Redação

Há cerca de dois, quando começou a montar sua infraestrutura de TI, o Banco CSF (Carrefour Soluções Financeiras), braço financeiro da rede francesa de supermercados, decidiu pela virtualização de boa parte do ambiente de tecnologia. Para tal, o CSF optou pela contratação de um data center em regime de colocation – aquele no qual a empresa aluga a infraestrutura para fazer a hospedagem física dos equipamentos –, mantendo 50% de servidores físicos e 50% virtualizados.
A decisão de iniciar o projeto já com grande parte do parque de servidores virtualizados, segundo o gerente de infraestrutura do Banco CSF, Marcelo Prauchner Duarte, visou não só acelerar a implantação do ambiente de TI, mas também reduzir custos. "Com a virtualização, conseguimos realizar o 'go live' de toda a operação no prazo recorde de seis meses, e também deixamos de investir em torno de 30% a 40%", diz ele, sem revelar a cifra total aplicada no projeto.
Ainda conforme o executivo, o CSF também contratou da empresa de data center, cujo nome ele prefere não revelar, todo o sistema de armazenamento na modalidade de "full outsourcing", que inclui desde os sistemas de storage até os robôs de backup e a qual o banco paga por consumo. "Pagamos apenas pelo que utilizamos, com a vantagem de o sistema ser de uso exclusivo do banco", explica Duarte.
Atualmente, o data center atende as quatro centrais de crédito/saque e atendimento ao cliente do Banco CSF. Ao todo, são 450 posições de atendimento (PAs) que fazem o atendimento ativo e receptivo e todo o processo de operação de crédito.
Entre os benefícios obtidos com a virtualização, Duarte cita, além da redução de custos devido a eliminação de investimento em infraestrutura, a garantia de maior disponibilidade dos aplicativos, maior eficácia na recuperação de desastres e continuidade dos negócios e melhor gestão e controle de desktops, com a implantação mais rápida e menor intervenção da equipe de suporte. Mas o grande ganho, segundo ele, é que a virtualização permite aproveitar melhor os recursos de TI por meio do compartilhamento. "Ela permite agregar não só desktops e servidores, mas também recursos, por meio de um pool de processadores, memória, disco e rede", finaliza.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top