Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Capgemini expande contrato de serviços de BPO com grupo Algar

Postado em: 25/11/2014, às 19:18 por Claudiney Santos

A Capgemini anunciou nesta terça-feira, 25, a expansão do seu contrato de BPO (business process outsourcing) com o grupo Algar, que teve um incremento de mais 43 milhões de euros. O contrato original foi assinado em 2011, no valor de 31 milhões de euros, com duração de 13 anos — um dos mais longos contratos de BPO da indústria. A atualização amplia a cobertura para incluir as unidades de telecomunicações, negócios de tecnologia, além de suas entidades gestoras de participações.

Os serviços incluem finanças e contabilidade, procurement e recursos humanos, e serão prestados pelas unidades da Capgemini em Blumenau, em Santa Catarina, e Bangalore, na Índia, que atenderão 22 mil funcionários do grupo, com faturamento de US$ 18 bilhões em 2013, que tem negócios na área de telecomunicações, TI, agronegócio, turismo e serviços.

Segundo Mauricio Rocha Silva Lemos, coordenador de Governança do Centro de Soluções Corporativos (CSC) 70% dos serviços prestados são de finanças e contabilidade e 30% de recursos humanos. "Estamos muito satisfeitos com o progresso da Capgemini e da sua entrega consistente e abordagem colaborativa. Seus líderes qualificados, o respeito pela cultura do cliente e foco a resolução de problemas em BPO ter sido inigualável", diz Lemos, acrescentando que "a Capgemini tem nos ajudado a racionalizar os custos e centralizar nossas operações de BackOffice e apoiar nossa estratégia de crescimento".

O grupo Algar é um conglomerado brasileiro com 85 anos de história. Tem 25 mil funcionários e atende mais de 2 milhões de clientes em 75 locais diferentes no Brasil, e também na Colômbia, Argentina e Chile. "Cerca de 3 mil funcionários desses países são atendidos por outros provedores locais, por uma questão de exigência legais e governança", explica Lemos.

O CSC faz a coordenação de 15 provedores de outras especialidades, como área consultoria jurídica, de impostos, etc. Também faz a gestão das ferramentas de tecnologias utilizadas no contrato de BPO, como o ERP da Oracle; Hyperion em finanças; LG Sistemas em folha de pagamento; etc. Da Capgemini, usam a ferramenta de portais BP Open. "Os profissionais da Capgemini têm a expertise e as melhores práticas no uso dessas tecnologias."

"Nossa estratégia do uso de BPO permite que possamos nos dedicar ao nosso core business, mitigar riscos da operação e de impostos, ter processos estruturados e redução de custos", afirma Lemos.

Segundo Roberto Cerqueira, vice-presidente de BPO da Capgemini, 70% dos serviços prestados ao grupo Algar são feitos na unidade de Blumenau e o restante na Índia, dentro do conceito de "folow the sun". A unidade de BPO da empresa soma hoje cerca de 1.100 profissionais e, de acordo com ele, deve dobra de tamanho nos próximos dois anos.

Tags: , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top