Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sony anuncia reestruturação da divisão de smartphones para tentar retomar lucratividade

Postado em: 25/11/2014, às 20:05 por Redação

A japonesa Sony planeja reestrutar sua divisão de smartphones e, ao mesmo tempo, reduzir o número de modelos de aparelhos para cortar custos ao longo do próximo ano. O anúncio, feito nesta terça-feira, 25, mostra que as ambições da empresa nesse mercado foram drasticamente diminuídas. A fabricante agora vai concentrar o foco na unidade de videogame, cujo carro-chefe é o PlayStation 4, e no negócio de sensores de imagem nos próximos três anos, que vêm registrando um avanço expressivo nas receitas.

Hiroki Totoki, o novo chefe da unidade divisão de dispositivos, que abriga o negócio de sensores de imagem, reconheceu durante conferência com investidores que a meta anterior de se tornar a terceira maior marca de smartphones do mundo, atrás da Samsung e da Apple, tinham sido excessivamente otimista. "Agora, o foco será retomar a lucratividade da unidade", disse ao The Wall Street Journal.

O desempenho fraco de seus smartphones Xperia pesou fortemente sobre os resultados financeiros recentes da empresa, e a Sony disse que planos mais detalhados para a unidade serão revelados antes do fim de março de 2015.

De acordo com o executivo, mesmo que as vendas encolham drasticamente, o objetivo é "manter um pé" no mercado de mobilidade, dada a sua importância para o desenvolvimento de futuras tecnologias de consumo. "Nossa tarefa urgente é tornar o negócio rentável, mesmo enfrentando quedas nas vendas de 20% a 30%", disse Totoki, que assumiu o cargo de chefe da divisão neste mês.

Reestruturação da divisão de dispositivos tornou-se prioridade para a Sony tentar retomar a rentabilidade de seu braço na área de eletrônica de consumo, que vive um período conturbado.

O CEO da Sony KazuoHirai ressaltou que a companhia acelerou a reestruturaçãoda divisão de produtos eletrônicos direcionados para o consumidor e concentroua estratégia nas unidades de videogame e sensor de imagem, junto com seu braço de entretenimento, que inclui os serviços de distribuição de conteúdos de TV, vídeo e música personalizadosas.

Em março deste ano, a fabricante vendeu a divisão de PCs, que fabricava a linha Vaio de computadores pessoais, para o fundo de investimento japonês Japan Industrial Partners (JIP), e realizou o spin off (separação) da unidade de TV, que se tornou uma empresa independente.

Ao que tudo indica, a estratégica vem dando certo. A divisão de videogame e o negócio de dispositivos, principalmente os sensores de imagem para smartphones, vêm registrando forte crescimento nas vendas.

A receita da divisão de videogame, que inclui os consoles PlayStation e serviços de rede, deve crescer de 1,4 trilhão de ienes (o equivalente a US$ 12 bilhões) para 1,6 trilhão de ienes (cerca de US$ 14 bilhões) no exercício fiscal que termina em 31 março de 2018 — neste ano, a receita deve totalizar 1,29 trilhão de ienes (US$ 10 bilhões).

Já para a unidade de dispositivos, a empresa espera um aumento do faturamento de 1,3 trilhão de ienes (US$ 11 bilhões) para 1,5 trilhão de ienes (US$ 12,7 bilhões).

A Sony não divulgou previsões financeiras para o negócio de smartphones.

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top