Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nokia apura alta de 19% no lucro no 4º trimestre de 2006

Postado em: 26/01/2007, às 22:17 por Redação

A Nokia anunciou um aumento do seu lucro líquido de 19% no quarto trimestre de 2006, totalizando 1,27 bilhão de euros (US$ 1,65 bilhão), contra 1,07 bilhão de euros no mesmo período do ano anterior. As vendas no trimestre cresceram 13%, perfazendo um total de 11,7 bilhões de euros (US$ 15,2 bilhões). O desempenho superou as estimativas do mercado. Analistas da SME Direkt haviam previsto um lucro líquido de 1,11 bilhão euros (US$ 1,44 bilhão) e vendas de 11,6 bilhões de euros (US$ 15,1 bilhões).

A companhia finlandesa anunciou também que planeia recomprar até 4 bilhões de euros (US$ 5,2 bilhões) de ações entre maio deste ano e março de 2008.

Nokia vendeu 106 milhões de celulares nos últimos três meses de 2006, um volume 27% maior que o registrado no mesmo período do ano anterior. A companhia trabalha com a expectativa de que o mercado mundial de os telefones móveis cresça 10% neste ano, alcançando 978 milhões de aparelhos. Entretanto, o preço médio de seus telefones caiu de 93 euros, no terceiro trimestre, para 89 euros (US$ 116) o quarto trimestre. Em relação ao mesmo período de 2005, a queda foi maior ainda, já que os aparelhos custavam, em média, 93 euros.

A razão desse retração, segundo o CEO da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo, se deveu ao aumento das vendas de telefones low-end (mais baratos) nos mercados emergentes, tais como Índia e China. Ele diz que, apesar disso, a empresa conseguiu manter as vendas sem sacrificar as margens, o que garantiu bons resultados no quarto trimestre.

De acordo com o executivo, o crescimento mais forte foi na América Latina, enquanto as vendas na América do Norte despencaram devido ao fato de operadoras como a Verizon Wireless e Sprint Nextel estarem direcionado o foco agora para o padrão GSM. ?Nós claramente não estamos felizes com a posição na America do Norte, mas vamos fazer um exame para realizar uma ação concreta e melhorar a situação?, disse Kallasvuo.

Os analistas de mercado, de todo modo, elogiaram os resultados, mas chamaram a atenção para o fato de os celulares high-end, como os modelos multimídia, estarem enfrentando uma forte concorrência das rivais Sony Ericsson e Motorola.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top