Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Uso da web no trabalho traz perdas de US$ 178 bi aos EUA

Postado em: 26/07/2005, às 14:40 por Redação

A Websense, fornecedora de soluções de gerenciamento do uso da Internet por funcionários, anunciou que o uso indevido da web no local de trabalho custa às corporações norte-americanas mais de US$ 178 bilhões anualmente, devido à queda de produtividade. Isso se traduz em uma perda de mais de US$ 5 mil por funcionário ao ano.

O acesso à internet no local de trabalho continua a aumentar. Hoje já são mais de 68 milhões de funcionários nos EUA que usam a rede durante o expediente, de acordo com o instituto de pesquisas International Data Corporation.

Entretanto, à medida que o uso da internet se torna cada vez mais sedutor e interativo, mais tempo os funcionários estão navegando pelo ciberespaço durante o expediente por razões pessoais.

Uma recente pesquisa feita pela America Online e pela Salary.com revelou que 44,7% dos mais de 10 mil trabalhadores norte-americanos pesquisados citaram a navegação na internet como sua distração número um no trabalho.

Além disso, de acordo a recente pesquisa da Websense/Harris Interactive, 50% dos funcionários pesquisados que acessavam a rede no trabalho admitiram que assim o fazem tanto por razões de trabalho quanto pessoais. Com base nessa estatística, dos 68 milhões de funcionários dos EUA que acessam a internet no trabalho, aproximadamente 34 milhões gastam tempo navegando para uso pessoal no escritório.

A pesquisa também mostra que os diretores de TI acreditam que os funcionários estão passando em média 5,9 horas por semana navegando por razões não ligadas ao trabalho. Esse tempo despendido "cibervagabundeando" multiplicado pelo salário médio nos EUA, conforme apresentado pela Pesquisa de Remuneração Nacional do Escritório de Trabalho dos EUA, responde pela crise multibilionária que os negócios norte-americanos estão enfrentando.

?A Internet pode ser uma ferramenta crítica de negócios; entretanto, em alguns casos, seu uso inapropriado pode contrabalançar os benefícios de produtividade do acesso à rede?, disse Leo Cole, vice-presidente de marketing na Websense.

De acordo com a pesquisa os sites mais acessados por razões não ligadas ao trabalho são de notícias (81%), e-mail pessoal (61%), internet banking (58%), viagens (56%) e compras (52%).

NÚMEROS DE PERDA DE PRODUTIVIDADE ESTADOS UNIDOS

? Número de funcionários com acesso à internet* = 68 milhões

? Porcentagem de funcionários que admite usar a internet tanto para o trabalho quanto para questões pessoais** = 50% (50% de
68 milhões = 34 milhões)

? Horas de acesso não relacionado ao trabalho por semana que os funcionários gastam, de acordo com a administração de TI*** = 5,9 horas por semana

? Salário médio de funcionário por
hora (dólares)**** = US$ 17,75

? Número de semanas trabalhadas = 50

? Estimativa de valor total de perda de
produtividade (dólares) = aproximadamente
US$ 178 bilhões

*de acordo com a IDC, documento n° 30949 Uso e Comércio Global da Internet (Worldwide Internet Usage and Commerce) 2004-2007. Projeção: Modelo de Mercado de Comércio na Internet Versão 9.1, março de 2004.

** de acordo com a pesquisa de 2005 da Harris Interactive/ Websense [email protected]

***de acordo com a pesquisa de 2005 da Harris Interactive/[email protected]

**** de acordo com a Pesquisa do Remuneração Nacional do Escritório do Trabalho dos EUA

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top