Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Comissão especial analisará Fust e inclusão digital, diz deputado

Postado em: 26/09/2007, às 20:26 por Redação

O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, deputado Julio Semeghini (PSDB-SP), anunciou nesta quarta-feira (26/9) que será criada nos próximos dias uma comissão especial na Câmara para discutir o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) e a inclusão digital. Segundo ele, falta apenas a indicação de alguns integrantes para a criação do colegiado.

Semeghini participou da audiência pública sobre a informatização da rede escolar pública e suas conseqüências para o aprendizado e para a inclusão digital. O evento foi promovido pelas comissões de Educação e Cultura e de Ciência e Tecnologia.

Antes do encerramento, o deputado questionou os participantes sobre a quantidade e a eficácia dos programas de inclusão digital já existentes no país. Ele também ressaltou que o projeto de inclusão deve prever o acesso da comunidade à informática, e não apenas da escola.

O diretor-presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Marcos Vinícius Ferreira Mazoni respondeu ao parlamentar, afirmando ser importante unificar as ações e que a rede de computadores das escolas deve ser interligada com as demais redes. Segundo ele, é preciso haver um esforço para conexão e otimização das diversas redes existentes no país.

Espaço nas escolas

Durante a audiência, o deputado Elismar Prado (PT-MG) ressaltou que muitas escolas não têm um espaço adequado para a instalação dos laboratórios de informática. Já o deputado Alex Canziani (PTB-PR) defendeu um programa único de inclusão digital para todo o país, com o objetivo de maximizar os recursos de municípios, estados e da União.

O consultor e pesquisador da Rede de Informação Tecnológica Latino-Americana (Ritla), Julio Jacobo Waiselfisz, concordou com o problema da fragmentação de políticas, defendendo a criação de uma política nacional de inclusão digital.

Com informações da Agência Câmara.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top