Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Oracle rejeita valor de US$ 21 por ação pedido pela BEA

Postado em: 26/10/2007, às 21:35 por Redação

Em comunicado enviado ao conselho de administração da BEA Systems na quinta-feira (25/10), a Oracle rejeitou a contra-oferta de US$ 21 por ação feita pela empresa para a proposta de aquisição. No texto, a companhia disse que este é "um preço impossivelmente alto? para Oracle ou qualquer outro potencial comprador". No documento, a Oracle aproveita também para salientar que nenhum outro interessado apresentou-se como potencial comprador.

Na quarta-feira (24/10), a BEA havia se mostrado disposta a negociar com potenciais compradores, incluindo Oracle, se eles estivessem dispostos a pagar até US$ 21 por ação, o que totalizaria US$ 8,2 bilhões pela empresa. A Oracle havia oferecido há duas semanas US$ 17 por ação, ou US$ 6,7 bilhões pela empresa.

A negativa da Oracle coloca a BEA numa situação delicada, já que ela vem enfrentando fortes pressões de seu principal investidor, Carl Icahn, para que seja vendida. No fim de setembro, ele aumentou sua participação na BEA, para 13,2%, numa tentativa de ocupar um acento no conselho de administração e forçar a empresa a procurar um comprador. Para ele, a consolidação pela qual passa o setor pode colocar fornecedores como BEA numa situação de desvantagem, e isso pode prejudicar gravemente valor dos papéis dos acionistas.

"Aparentemente, não acredito que outras empresas estejam propensas a pagar o valor de US$ 17 por ação, e muito menos US$ 21 por ação", disse na carta enviada o presidente da Oracle, Charles Phillips, segundo informou o jornal americano The Wall Street Journal. "Desse modo, nós repetimos a nossa proposta de pagar US$ 17 por ação da BEA, um preço que não estamos dispostos a aumentar." A Oracle havia estabelecido o próximo domingo (28/10) como prazo final para que a BEA Systems responda se aceita ou rejeita a oferta de US$ 17 por ação.

O conselho de administração da BEA disse que o valor de US$ 21 por ação foi definido após consulta a seu assessor financeiro, o banco Goldman Sachs. O board acrescentou que "com base nas estimativas do banco as sinergias geradas são prioridade nas aquisições da Oracle e de outros fabricantes de software?. Por isso, acrescenta o comunicado, ela acredita que haverá um comprador interessado na BEA e que possa obter ganhos em níveis bem superiores aos US$ 21 por ação.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top