Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

À espera da aprovação da compra pela Dell, EMC tem queda de 25% no lucro em 2015

Postado em: 27/01/2016, às 19:44 por Redação

A EMC divulgou nesta quarta-feira, 27, os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano de 2015, ainda aguardando o processo de aprovação de sua compra pela Dell, anunciada em outubro do ano passado, em uma transação avaliada em cerca de US$ 67 bilhões. O desempenho não deve ter animado os novos controlares — além da Dell, participam do negócio o fundador e CEO da companhia, Michael Dell, e os fundos de investimentos MSD Partners e Silver Lake Partners.

A fabricante de software e equipamentos para armazenamento de dados encerrou o quarto trimestre com lucro líquido de US$ 771 milhões, o que representa uma queda de cerca de 32% na comparação com o ganho de US$ 1,14 bilhão registrado em igual período de 2014. A receita consolidada no trimestre foi de US$ 7 bilhões, mantendo estável em relação ao obtido entre outubro e dezembro do ano anterior. A receita com a venda de produtos no período totalizou US$ 4,1 bilhões, recuo de 5% ano sobre ano, enquanto a receita com serviços somou US$ 2,9 bilhões, expansão de 7,5% na comparação trimestral anual.

No ano, o lucro líquido da EMC totalizou US$ 2 bilhões, uma queda de 25% em relação aos US$ 2,7 bilhões apurados em 2014, enquanto a receita foi de US$ 24,7 bilhões, crescimento de 1% em relação aos US$ 24,8 bilhões contabilizados no ano anterior. O fluxo operacional de caixa no ano foi de US$ 5,38 bilhões e de US$ 1,9 bilhão no quarto trimestre. A EMC retornou cerca de US$ 229 milhões os acionistas por meio do pagamento de dividendos trimestrais.

A receita da VMware no quarto trimestre e ano inteiro cresceu 10% e 9% ano sobre ano, respectivamente, e a da Pivotal aumentou 25% no quarto trimestre. A Pivotal continua a sua transição para um modelo de negócio de assinatura, cuja receita recorrente anual cresceu 40% em relação ao trimestre anterior.

O presidente e CEO da EMC, Joe Tucci, disse em teleconferência com analistas que 2015 trouxe incertezas geopolíticas a todo o mercado. "EMC se antecipou, focada em capturar as oportunidades de crescimento proporcionadas pelas novas tendências tecnológicas, e estamos bem preparados para 2016." Ele acrescentou que, juntas, EMC e Dell estarão mais bem posicionadas no mercado. "Acreditamos que a união das empresas é a melhor opção estratégica para todas as partes interessadas. Tenho o prazer de informar que os progressos em fechar a transação continuam no bom caminho, nos termos e cronograma original."

Devido ao processo de fusão com a Dell, a EMC não forneceu as perspectivas de resultados financeiros para 2016.

Tags: , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top