Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Um dia após divulgar balanço, VMware confirma demissão de 800 funcionários

Postado em: 27/01/2016, às 19:59 por Redação

A VMware confirmou nesta quarta-feira, 27, que vai demitir 800 funcionários, um dia depois de divulgar os resultados financeiros do quarto trimestre e do ano de 2015, informa o site TechCrunch. As demissões haviam sido noticiadas em primeira mão pela Fortune, na semana passada.

Ao que tudo indica, os cortes são parte da reestruturação já em curso envolvendo as empresas da EMC, à qual ela faz parte, antes da integração de suas operações à Dell, pela qual foi adquirida em outubro do ano passado em uma transação avaliada em cerca de US$ 67 bilhões.

A EMC detém 80% da VMware, que opera como empresa separada e independente, o que, em tese, lhe dá o poder de decidir quando fazer demissões e tomar outras decisões estratégicas. É importante notar, porém, que a EMC também anunciou demissões recentemente.

Vale lembrar que, logo após o anúncio da aquisição da EMC pela Dell, a empresa, junto com a VMware, informou que faria um spinoff (separação) da Virtustream, fornecedora de software e serviços na nuvem adquirida pela EMC em maio do ano passado por US$ 1,2 bilhão, a qual se tornaria uma empresa independente de propriedade conjunta. O plano era que resultados de Virtustream fossem contabilizados nos livros da VMware.

A ideia de atrelar os resultados da Virtustream ao balanço da VMware, no entanto, não foi bem recebida pelos acionistas e o preços dos papéis começaram a cair dia após dia. Finalmente, no mês passado, numa tentativa de parar o sangramento das ações, a empresa anunciou que estava saindo da Virtustream. Desse modo, a EMC continuará com a nova empresa e a VMware não estará mais envolvida.

A VMware divulgou na terça-feira, 26, os resultados financeiros do quatro trimestre e de todo ano de 2015. A empresa encerrou o ano passado com lucro líquido de US$ 997 milhões, aumento de 12,5% na comparação com os US$ 886 milhões obtidos em 2014. Na mesma base de comparação, a receita  teve alta de 8%, para US$ 6,5 bilhões, contra US$ 6 bilhões.

No quarto trimestre, a fabricante de software de virtualização e computação em nuvem apurou lucro líquido de US$ 373 milhões, cifra 14% maior que os US$ 326 milhões contabilizados no mesmo período de 2014. A receita da companhia ficou em US$ 1,8 bilhão, 6% superior ao ganho de US$ 1,7 bilhão obtido um ano antes.

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top