Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Prefeitura de SP reduz imposto de call center instalado no centro

Postado em: 27/04/2006, às 13:26 por Redação

A Prefeitura de São Paulo criou um pacote de incentivos fiscais para operadoras de call centers e outras prestadoras de serviços de TI que se instalarem no centro da cidade. Os benefícios fazem parte do projeto Nova Luz, região decadente que o prefeito José Serra quer revitalizar e batizar de São Paulo Digital, com a concentração de empresas de tecnologia da informação.

O projeto Nova Luz foi apresentado para empresas de call center durante o seminário Contact Center Offshore Brazil, realizado esta semana em São Paulo. De acordo com a Lei 14.096, aprovada em dezembro do ano passado, as empresas que se instalarem na região terão os seguintes benefícios: redução de 50% do IPTU e até 60% do ISS. Elas poderão ainda reduzir em até 60% o valor do ISS incidente sobre serviços de construção ou reforma do imóvel.

Antonio José Ayres Zagatto, assessor da subprefeitura da Sé, explica que o investimento mínimo para obter o pacote de incentivos é de R$ 50 mil. Este valor vale para novos projetos e também para empresas que já estão na região e que fizerem melhorias nos imóveis, como reforma e ampliação.

Os benefícios têm duração de cinco anos e a prefeitura dará ainda um Certificado de Incentivo de Desenvolvimento (CDI), que oferece um crédito de 50% sobre o valor aplicado em empreendimentos comerciais. Esse bônus é para ser usado no pagamento de IPTU, ISS ou na compra de bilhete único para empregados.

O projeto Nova Luz abrange uma área de 250 mil metros quadrados entre avenidas Rio Branco, Duque de Caxias, Ipiranga, Casper Líbero e a rua Mauá. Essa região é habitada atualmente por cerca de seis mil moradores de baixa renda, em imóveis em estado de decadência. Há também os estabelecimentos comerciais.

O Objetivo da prefeitura é atrair empresas de TI que invistam na reforma dessas construções e que erguam novos prédios naquela área.

Zagatto diz que a proposta do projeto não é transformar o local em uma região apenas comercial, por acreditar quem nem todos moradores vão querer vender seus imóveis.

Ele garante que a prefeitura vai dar todas as condições para que as empresas se instalem na região, retirando os moradores de rua da área, melhorando a iluminação e reforçando o policiamento.

?Queremos transformar aquela região em um pólo de tecnologia, aproveitando que a rua Santa Ifigênia, já é uma referência para compra de produtos de informática?, diz o assessor.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top