Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Nível de capacitação tem forte relação com desempenho da TI

Postado em: 27/06/2007, às 22:06 por Redação

Estudo conduzido pela IDC, financiado pela Symantec, conclui que existe uma forte relação entre capacitação da equipe, aprimoramento em indicadores-chave de desempenho e alocação de recursos em uma organização de TI. O estudo aponta que equipes capacitadas em TI dedicam mais tempo para atividades de alto valor, que ajudam as organizações a gerenciar melhor os riscos de TI.

?Muitas organizações de TI implantam tecnologia sem saber como usá-la de forma eficaz, o que resulta em perda significativa de tempo e dinheiro devido ao uso incorreto da tecnologia ou à falta de otimização de sua funcionalidade?, diz Cushing Anderson, diretor de programa da área de serviços de treinamento da IDC. ?Com o treinamento apropriado, as organizações de TI podem aprimorar de forma significativa sua base de conhecimento e capacitação, ficando assim mais preparadas para gerenciar e minimizar riscos de TI, o que ajuda no sucesso dos negócios em geral.?

Como parte da pesquisa, foram entrevistadas mais de 200 equipes de TI na América do Norte, compostas de dois ou três funcionários. Os resultados mostraram que equipes de TI bem treinadas têm maior capacidade de tirar partido de importantes funcionalidades e funções tecnológicas, resultando em um aumento do desempenho e da produtividade. Além disso, a equipe de TI bem treinada dedica mais tempo para atividades de alto valor, tais como operações de manutenção e aprimoramento, e menos tempo para atividades de pouco valor, tais como implantação de soluções ou correção de tecnologias ou processos com problemas, quando comparada a uma equipe com menos treinamento e capacitação.

Mais especificamente, equipes de desempenho elevado gastam em média 78,9 horas por mês em operações de manutenção e aprimoramento, enquanto as organizações de TI com menor desempenho gastam em média apenas 62,8 horas nessas atividades de alto valor. Além disso, as organizações de TI de alto desempenho gastam em média 49,2 horas por mês implantando soluções e 62,9 horas reparando processos ou ferramentas com problemas, enquanto as organizações de TI de baixo desempenho gastam mais tempo nessas atividades de pouco valor.

Em média, as equipes de baixo desempenho gastam 54,7 horas por mês implantando soluções e 73,5 horas reparando processos e ferramentas com problemas. Como as equipes bem treinadas gastaram menos tempo em atividades de pouco valor, elas foram capazes de usar esse tempo de forma mais eficaz na manutenção e aprimoramento de suas tecnologias e soluções. Essa realocação de recursos para uma equipe de TI de duas a três pessoas pode resultar em um aumento de 10% na produtividade, o que se traduz em uma economia de até 2 mil horas ou um ganho de US$ 70 mil em produtividade por ano.

Além de melhorar a capacitação e o desempenho, o treinamento pode ter um impacto positivo na redução dos ricos de cumprimento e outros riscos de TI. O estudo revisou métricas de desempenho operacional e de processos da indústria em cinco áreas funcionais de TI, incluindo backup e recuperação, segurança de ponto final, alta disponibilidade, arquivamento e restauração e gestão de clientes. O estudo revelou que as equipes bem treinadas de TI concluíram com sucesso as solicitações de backup sem falhas com uma freqüência quase 60 % maior do que as equipes com menos treinamento. Em relação à alta disponibilidade, as equipes bem treinadas atenderam a padrões de configuração de software para seus servidores de produção com o dobro da freqüência das equipes com menos treinamento.

O estudo também analisou as fontes mais confiáveis de conhecimento e treinamento técnico, incluindo bibliotecas de referência e informações online, livros técnicos, treinamento tradicional em sala de aula e baseado na web. As equipes de TI citaram o treinamento prático, complementado com bibliotecas de referência e informações online, como a fonte mais útil e confiável de conhecimento técnico, indicando uma preferência por métodos de aprendizado e material de treinamento que são econômicos, flexíveis e convenientes.

À medida que as equipes de TI se tornam críticas para todos os aspectos de operações de negócios, as falhas de TI podem ter impactos devastadores em um negócio. De acordo com a pesquisa, os membros de uma equipe bem treinada são mais capazes de antecipar esses problemas, implementar ações preventivas e trabalhar para desenvolver aprimoramentos operacionais, graças a sua familiaridade com as funcionalidades das tecnologias implantadas.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top