Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Sony compra participação da Ericsson em joint venture

Postado em: 27/10/2011, às 10:29 por Redação

Conforme rumores que vieram à tona no início do mês, a Sony adquiriu a participação da Ericsson na joint venture que mantinham há dez anos e agora passa a ter o controle da fabricante de dispositivos móveis. O valor da transação é 1,05 bilhão de euros. Em comunicado, as empresas justificam que o foco da Ericsson é o mercado sem fio, e como as conexões móveis podem beneficiar pessoas, negócios e sociedade. Com a evolução do mercado de celulares para aparelhos complexos, com múltiplas funções e acesso à internet, manter a joint venture seria desviar a empresa desse objetivo.

“Há dez anos, quando formamos a joint venture, combinando o conhecimento de bens de consumo da Sony com a tecnologia de telecomunicações da Ericsson, tínhamos uma combinação perfeita para o desenvolvimento de telefones. Hoje é um passo lógico que a Sony tenha adquirido nossa participação e o que desenvolvemos faça parte de seu portfólio par ao consumidor”, afirmou em nota o presidente e CEO da Ericsson, Hans Vestberg. O presidente da Sony, Sir Howard Stringer, afirmou que a compra fará a diferença para o consumidor por meio dos novos produtos que estão sendo desenvolvidos.

A transação foi aprovada pelos conselhos de administração das duas empresas e a previsão é que seja finalizada em janeiro do ano que vem.

Estratégia reestruturada

De acordo com analistas do mercado, a intenção da Sony com a aquisição é acelerar a integração entre smartphones e outros aparelhos eletrônicos conectados fabricados pela empresa, como televisores, videogames, tablets e e-readers. A Sony Ericsson foi criada em 2001. De lá para cá, passou por altos e baixos. O auge aconteceu quando surgiram os primeiros celulares com mp3 players, em meados da década passada. Mais recentemente, a empresa decidiu focar exclusivamente em smartphones e apostou no sistema operacional Android, do Google. Retirou de linha aparelhos de gamas baixa e média, concentrando seu portfólio no segmento de alto valor, como a família Xperia.

Como consequência, perdeu share em volume de vendas, mas melhorou a margem de lucro. No ano passado, a Sony Ericsson registrou receita de 6,29 bilhões de euros e lucro líquido de 90 milhões de euros. A empresa tem 7,5 mil funcionários ao redor do mundo.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top