Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresas vão investir R$ 44 bi em terceirização neste ano, diz estudo

Postado em: 28/02/2007, às 23:00 por Redação

O Instituto Sem Fronteiras (ISF) finalizou uma série de estudos realizados junto aos CIOs e principais executivos da área de TI para saber quais serão as tendências de investimentos das empresas neste ano. A primeira constatação da pesquisa é que as perspectivas de investimentos em TI neste ano são positivas, os quais devem crescer dois dígitos pelo terceiro ano consecutivo.

De acordo com o levantamento, as empresas estão procurando adquirir produtos e soluções fáceis de serem implementadas e que apresentem um retorno em curto prazo. O ISF estima que o mercado corporativo irá investir em terceirização cerca de R$ 44 bilhões neste ano. O segmento de serviços será o de maior crescimento dos investimentos em TI em 2007.

O grande desafio para o ano, segundo os CIOs entrevistados, é ter que treinar os profissionais da área de TI e também os usuários. De acordo com eles, o maior interesse das empresas serão os assuntos relativos a arquitetura orientada a serviços (SOA). Apenas 11% dos entrevistados disseram que não pretendem adotar o conceito, mas 50% ainda estão avaliando a adoção.

Além disso, a governança de TI é novamente a grande prioridade para o ano. Apenas 13% dos entrevistados disseram que estão experimentando níveis avançados de utilização do conceito. Os CIOs disseram que o grande interesse por governança não é uma imposição da alta direção e sim uma metodologia para melhorar os serviços prestados pela área de TI.

O ano de 2007 também promete ser bom para os fornecedores de infra-estrutura de hardware e software, bem como de automação comercial e bancária. O estudo constatou ainda que há um aumento do interesse no conceito de software como serviço e também em gerenciamento e uso inteligente das informações. Além disso, há uma grande tendência na terceirização de data center e o interesse por serviços de impressão e telefonia.

Por outro lado, a ISF verificou que as empresas ainda não estão experimentando um nível adequado nas soluções adquiridas, principalmente de CRM e business intelligence (BI). As soluções de gerenciamento eletrônico de documentos (GED) são aquelas nas quais haverá os maiores investimentos iniciais neste ano.

Para o estudo foram entrevistadas 940 empresas dos segmentos financeiro, governo, manufatura, óleo e gás, mineração, comércio, utilidades, agrobusiness e serviços, entre outros, que compõem o ranking das 500 maiores empresas e aquelas com faturamento acima de R$ 50 milhões, que não estão no ranking.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top