Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

ONU e Vale do Silício vão levar tecnologia a países em desenvolvimento

Postado em: 28/02/2007, às 23:03 por Redação

Membros de um grupo especial das Nações Unidas se reuniram nesta quarta-feira (28/2) com os líderes do Vale do Silício nos EUA para debater como a indústria de tecnologia, os governos e as organizações não governamentais (ONGs) podem se unir para fomentar o desenvolvimento em todo o mundo.

A Intel e a Aliança Global para o Desenvolvimento de Tecnologias de Informação e Comunicação da ONU (U.N. GAID, na sigla em Inglês) organizaram o seminário em conjunto. O presidente da Intel, Craig Barrett, que também faz parte do conselho da U.N. GAID, disse que o encontro forneceu uma plataforma de suma importância para compartilhar idéias e formar parcerias entre os membros proponentes do governo, da comunidade internacional para o desenvolvimento, das empresas do Vale do Silício, do setor acadêmico e da indústria de capital estratégico.

?A U.N. GAID foi formada no ano passado visando a estabelecer parcerias com a indústria privada e com ONGs para acelerar o acesso aos computadores, à conectividade e ao conteúdo local, com o intuito de melhorar o setor industrial, a educação, a saúde e os serviços governamentais?, declarou Barrett, que viajou no ano passado para dez países em desenvolvimento para descobrir como a tecnologia estava sendo usada nas áreas rurais.

?Esse seminário foi planejado para melhorar a colaboração e, o mais importante, para criar ações?, disse ele. ?Isso é o que o mundo necessita e o que os governantes querem para seus cidadãos. Essa é a coisa certa a fazer, além de fazer sentido empresarial?, completou Barrett.

O diretor executivo da U.N. GAID, Sarbuland Khan, frisou que o Vale do Silício é a capital mundial da inovação e, por isso, a ONU está contando com a colaboração das empresas. ?No campo de informação e comunicação, a união de mercados e a responsabilidade social estão dando vida a novas soluções para antigos problemas, como pobreza, doenças, fome e analfabetismo.?

Representantes de mais de 30 países ? do Azerbaijão à África do Sul ? compareceram ao seminário, que contou com a presença de mais de cem executivos do Vale do Silício, além de investidores estratégicos e acadêmicos.

Barrett pediu aos participantes do seminário que apóiem as iniciativas da parceria e as comunidades de peritos da U.N. GAID. Os esforços tem como prioridade a disponibilidade da conectividade de banda larga na África e a melhoria dos centros de informática comunitários. As iniciativas também abrangem outras áreas de problemas específicos, em que a tecnologia pode melhorar o empreendedorismo, a educação, a saúde e os serviços governamentais. O presidente da Intel também disse que investimentos em novos modelos de negócios e soluções tecnológicas, desenvolvidas especialmente para os países em desenvolvimento, ajudarão a suprir as necessidades das pessoas e a criar novas oportunidades de mercados e negócios.

Destacando a importância de parcerias público-privadas focadas em resultados tangíveis, Barrett também mencionou o Programa World Ahead da Intel. Ao trabalhar com governos locais e indústrias de todo o mundo, o programa almeja ampliar o acesso a PCs com conexões de alta velocidade à internet para o próximo bilhão de pessoas.

Como parte desse projeto, a Intel está trabalhando com governos de 60 países em programas de financiamentos, para tornar os PCs mais acessíveis. A companhia também está trabalhando com ministérios da educação de 40 países para treinar outros 9 milhões de professores, até 2011, para aplicar a tecnologia visando a melhoraria do aprendizado ? com a possibilidade de atingir 1 bilhão de estudantes.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top