Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Remessas de servidores se mantêm estável, mas receita tem forte queda no primeiro trimestre

Postado em: 28/05/2013, às 12:15 por Redação

As remessas mundiais de servidores totalizaram 2,32 bilhões de unidades no primeiro trimestre deste ano, número que se manteve praticamente estável, com recuo de apenas 0,7% em relação a igual período do ano passado, de acordo com dados do Gartner divulgados nesta terça-feira, 28. Apesar da ligeira queda no embarque de equipamentos, a retração da receita foi 5% maior, na comparação trimestral anual, a qual somou US$ 11,82 bilhões.

"O primeiro trimestre certamente não foi um período forte para o mercado de servidores em nível global", disse o vice-presidente de pesquisas do Gartner, Jeffrey Hewitt. "As únicas regiões que registram crescimento foram as da Ásia-Pacífico e Estados Unidos", completa ele, destacando que embora as remessas e a receita nesses dois mercados tenham aumentado, isso não foi suficiente para compensar a quedas em outras regiões.

Hewitt acrescenta que o crescimento das remessas de servidores de arquitetura x86 ficou estável no trimestre, enquanto a receita aumentou 1,8%. Já as máquinas com arquitetura Unix Risc/Itanium caíram globalmente, 38,8% no volume de embarques e 35,8% em receita em relação ao mesmo trimestre do ano passado. A categoria CPU, que representa essencialmente mainframes, teve aumento de 3,6% na receita mundial.

A HP liderou o mercado em volume de embarques de servidores no trimestre, com 580,5 milhões de unidades entregues, seguida pela Dell com 516,3 milhões de equipamentos. A maior receita, porém, foi obtida pela IBM, que atingiu US$ 3,01 bilhões. A Fujitsu aparece na terceira posição, tanto em remessas quanto em receita — 73,375 milhões de unidades e R$ 583,24 milhões —, e a Oracle no quarto lugar em receita, com US$ 538,5 milhões. Na quinta colocação, considerando embarques de servidores, aparece a Cisco, com 53,8 milhões de unidades. Veja as tabelas abaixo:

Tabela 1 — Receita global dos fabricantes de servidores, 1T13 (em US$ milhões)

Fabricante

1T13 Receita

 1T13 Share (%)

1T12 Receita

 1T12 Share (%)

 1T13-1T12
(%)

IBM

3.016.060

25,5

3.490.477

28,0

-13,6

HP

2.959.030

25

3.455.760

27,8

-14,4

Dell

2.124.462

18

1.857.579

14,9

14,4

Fujitsu

583,239

4,9

626,722

5,0

-6,9

Oracle

538,542

4,6

739,826

5,9

-27,2

Outras

2.604.390

2,2

2.273.724

18,3

14,5

Total

11.825.724

100

12.444.088

100

-5

Fonte: Gartner, maio de 2013

Tabela 2 — Remessas globais de fabricantes de servidores, 1T13 (em milhões de unidades)

Fabricante

1T13 Receita

 1T13 Share
 (%)

1T12 Receita

 1T12 Share
(%)

 1T13-1T12
(
%)

HP

580,563

24,9

685,015

29,2

-15,2

Dell

516,355

22,2

503,450

21,5

2,6

IBM

230,446

9,9

267,556

11,4

-13,9

Fujitsu

73,375

3,2

86,360

3,7

-15

Cisco

53,873

2,3

40,498

1,7

33

Outras              874,396          37,5          763,205          32,5              14,6

Total

2.329.009

100

2.346.083

100

-0,7

Fonte: Gartner, maio de 2013

Observa-se também que entre os fabricantes Top 5 em receita (Tabela 1), apenas a Dell obteve crescimento, enquanto a receita de todas as demais caiu mais de 10%. Já em volume de remessas (Tabela 2), a Cisco foi a que registrou o maior crescimento, de 33%; a Dell teve elevação modesta, de 2,6%; enquanto as outras tiveram retração. A consultoria aponta também que os servidores blade tiveram queda de 5,9% nos embarques e de 5% na receita, enquanto os otimizados para rack recuaram 5,2% em volume de remessas e 2% em receita.

Tags: , , , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top