Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Fabricante de autopeças implanta ERP e melhora logística

Postado em: 28/10/2011, às 18:30 por Redação

A Magna Seating, empresa especializada em componentes para bancos de veículos e pertencente a uma das maiores fornecedoras de autopeças do mundo, a canadense Magna, acaba de concluir com sucesso a implantação do SAP ECC (ERP Central Component) – uma versão completa do sistema administrativo de gestão. Com isso, a companhia integrou todos os departamentos de sua mais nova unidade fabril instalada na América do Sul, uma fábrica de 13 mil metros quadrados localizada em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. A implantação se deu em tempo recorde, apenas quatro meses, e foi conduzida pela equipe especializada em SAP da Resource IT Solutions.

De acordo com Wilhelm Keller, vice-presidente executivo e responsável pela operação sul-americana da Magna Seating, a América Latina hoje e, particularmente o Brasil, são regiões estratégicas para a companhia que vem adquirindo, por conta disso, empresas locais, como a argentina Pabsa. No Brasil, adquiriu em novembro de 2010, a Resil, de São Joaquim de Bicas, no interior de Minas Gerais, e inaugurou a fábrica do Grande ABC, além da unidade de Gravataí, no Rio Grande do Sul. “A rápida expansão da Magna Seating no país exigia a automatização dos nossos processos e, graças à rapidez de nossos parceiros, conseguimos concluir a implantação do SAP no prazo determinado” declara Keller.

O principal desafio na implantação de todos os módulos do SAP na Magna era o curto espaço de tempo exigido pela matriz canadense, entre março e julho. Isso levou a unidade brasileira a buscar um parceiro capaz de se comprometer com o prazo exíguo. De acordo com Wagner Castellani, gerente sênior de TI da Magna Seating, o processo deveria acontecer em paralelo à construção da fábrica e a estruturação de todas as suas áreas, da recepção ao chão de fábrica, passando pelos departamentos financeiros, de vendas, logística e controladoria.

Corrida contra o tempo

Com esse desafio pela frente, a Magna foi buscar no mercado uma empresa com expertise tal que fosse capaz de cumprir essa exigência e correr contra o tempo. Após realizar diversos estudos de viabilidade de vários sistemas de Enterprise Resource Planning (ERP) e seus fornecedores, Castellani recebeu ótimas referências da Resource. “A flexibilidade, competência, comprometimento com prazos e, principalmente, sua expertise em SAP com profissionais especializados e certificados na solução, foram componentes fundamentais para a satisfação dos usuários no Brasil e da matriz”, disse. Castellani informa que a implantação do módulo SAP foi acontecendo simultaneamente à construção da unidade fabril.  Ao mesmo tempo, os novos profissionais contratados – cerca de 200 – passaram por treinamentos intensos; desses, 40 trabalham diretamente com o SAP.

O contrato entre a Magna e Resource para implantação do SAP foi fechado em março de 2011 e, em agosto, todos os módulos de gestão integrados já estavam no ar e atendendo a todas as áreas da fábrica de São Bernardo. A Resource também deixou tudo preparado para que a operação brasileira seja interligada com a operação argentina até o final do ano. No país vizinho, o sistema de gestão herdado da Papsa – uma fabricante local de bancos para automóveis, adquirida pela Magna Seating em dezembro de 2010 – será substituído em sua totalidade pelo SAP para padronização, projeto também conduzido pela Resource.

De acordo com o executivo da Magna Seating, o projeto como um todo será concluído em dois anos com a integração das outras fábricas brasileiras, a de São Joaquim de Bicas, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte e a de Gravataí.

Com a palavra, os usuários

Rodrigo Audi, atual coordenador de TI da Magna Seating, iniciou suas atividades na empresa como coordenador de logística e, na época, entre março e julho, desenvolveu a área de logística toda baseada no SAP, desde a programação de materiais a serem comprados, programações de vendas, controles de produção e expedição. “O trabalho foi intenso, mas hoje já contemplamos os resultados porque com o SAP o tempo de resposta é quatro vezes melhor que outros sistemas aplicados à logística”, enfatiza Audi.

Já sua colega do departamento de Controladoria, Flávia Cristina Pinatti Gatti, analista de custos, também ficou impressionada com o intenso treinamento – segundo ela, a impressão era de que não daria tempo de deixar tudo pronto para a inauguração. “A ferramenta tem muitos detalhes, mas, no final, o que importa é a produtividade que ela permite no dia a dia, quando são feitas entradas de notas, faturamento, fechamento de custos, análises contábeis e fiscais, sem riscos de perda de informações; todas estão concentradas no SAP”, atesta.

De acordo com Castellani, o SAP não está diretamente aplicado ao chão de fábrica, mas proporciona um perfeito alinhamento da organização de controles e custos com a solução de produção MES (Manufacturing Enterprise System), da HP. Para ele, um dos fatores fundamentais no sucesso dessa implantação foi a grande competência técnica da Resource em SAP, que possui em seu quadro, profissionais especializados e certificados na solução.

Ainda segundo o executivo, a fluência dos profissionais de TI nos idiomas inglês e espanhol, para interagir rápido com os gestores da matriz, além do conhecimento sobre as regulamentações brasileiras contribuíram de forma inequívoca no resultado final. “A implementação do SAP envolvia processos de gestão de notas fiscais eletrônicas e outros impostos brasileiros e o conhecimento dos profissionais nesses assuntos fiscais e contábeis fez muita diferença”, avaliou o gerente de TI.

A equipe de trabalho da Resource – composta por 12 especialistas – foi alocada no escritório da Magna, em São Paulo, juntamente com a equipe de TI da própria empresa por quase quatro meses. Esse time ajustou o sistema que, agora, está totalmente configurado para atender às necessidades de todas as áreas e de cada processo, com tabelas e relatórios que administram em tempo real as informações que trafegam pela empresa.

“A agilidade da Resource no cumprimento de sua missão é um dos pontos altos que destacamos”, diz Castellani. “Nós que atuamos no Brasil temos um compromisso assumido com a matriz para focar nossas ações e adquirir soluções que atendam ao plano estratégico de manter o mesmo padrão de qualidade no atendimento aos nossos clientes em todo o mundo. E isso só seria possível com um parceiro de negócios e de tecnologia comprometido conosco”, enfatiza Castellani.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top