Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Funcionários de prestadora de serviços de TI do BB permanecem em greve em todo o país

Postado em: 28/11/2014, às 17:00 por Redação

Funcionários da BB Tecnologia e Serviços (BBTS), antiga Cobra Tecnologia, prestadora de serviços de TI do Banco do Brasil , permanecem em greve em todo o país. A paralisação, iniciada na terça-feira, 25, contempla os Estados do Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Pará, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro e São Paulo. Só no Estado paulista, quase 90% dos trabalhadores aderiu ao movimento, segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores de Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo (Sindpd).

As principais reivindicações dos trabalhadores são ganho real (5%), equivalência no Plano de Saúde e Licença Prêmio, reajuste do tíquete-alimentação/refeição pelo índice de alimentação fora de domicílio, calculado pelo ICV Dieese (9,35%), dentre outras. Um exemplo da falta de equidade é a média salarial de um técnico de operações, que é de R$ 2.100 no mercado, enquanto o mesmo cargo na Cobra recebe R$ 1.627,90 por mês.

O Sindpd tem a expectativa de que, se não houver negociação, haja paralisação de 100% do quadro de funcionários da empresa, o que atingirá diretamente os usuários do Banco do Brasil. De acordo com o técnico administrativo da Cobra, Luiz Felipe Menezes, a paralisação afetará principalmente o pagamento dos funcionários públicos, já que não há manutenção e abastecimento dos caixas do Banco do Brasil."Os caixas ficarão inoperantes e os funcionários continuarão em greve até que a empresa se posicione", afirmou.

Na próxima segunda-feira, 1º, os funcionários farão uma assembleia para analisar a situação da greve e, se for o caso, deliberar outras ações.

Procurado pela reportagem de TI INSIDE Online, o Banco do Brasil confirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que os funcionários da BBTS  permanecem em greve. Em comunicado, a assessoria da instituição pondera que a BBTS não é responsável pela área de TI do Banco do Brasil, ou seja, uma eventual paralisação na BBTS em nenhuma hipótese resulta em paralisação em serviços de tecnologia do BB.

"Com o Banco do Brasil, a BBTS tem contratos de prestação de serviços nos segmento de fábrica de software, assistência técnica e monitoramento de ambientes, para os quais serão acionados os referidos procedimentos de contingência, caso necessário", completou o informe.

 

Tags: , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top