Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Pagamentos por dispositivos móveis devem superar US$ 171 bi neste ano, diz Gartner

Postado em: 29/05/2012, às 09:57 por Redação

O volume de transações que utilizam dispositivos móveis como meio de pagamento, o chamado mobile payment – como compras de bens digitais, transferência de dinheiro ou pagamento através da tecnologia NFC (Near Field Communications) – devem ultrapassar os US$ 171,5 bilhões neste ano, segundo projeção do Gartner. O número de usuários desses serviços alcançará 212,2 milhões, o que, se confirmado, representará um crescimento de 32% na comparação com o registrado no ano passado, quando totalizou 160,5 milhões de usuários.

"Esperamos que o volume de transações móveis cresça a 42% entre 2011 e 2016 em todo o mundo. Assim, prevemos um mercado de US$ 617 bilhões, com 448 milhões de usuários ao fim desse período", prevê a diretora de pesquisa do Gartner, Sandy Shen. Ainda segundo o estudo, o m-payment terá soluções e serviços fragmentados nos próximos dois anos, por isso o fornecedores de tecnologia terão que adequar seus portfólios as realidades locais, modelos de negócio e parceiros.

Para Shen, o SMS permanecerá como a tecnologia predominante em mercados em desenvolvimento devido à sua "onipresença" e às restrições a outros métodos de m-payment. A modalidade de pagamento por internet móvel será a mais utilizada na América do Norte e no Oeste europeu, pela quantidade de smartphones ativados. A expectativa em 2016 é de 88% do total de transações via web na América do Norte e 80%, no Oeste europeu.

O uso de NFC, tecnologia de comunicação por aproximação entre máquinas, que permite a troca de informações sem a necessidade de acesso à rede de dados da operadora ou à internet, será baixo até 2015. Tida como uma das tecnologias mais promissoras do segmento, o Gartner coloca oportunidades de crescimento real a partir de 2016 por sua complexidade. “Pagamentos por NFC envolvem um custo no comportamento do consumidor e requer colaboração entre diversas frentes, como bancos, operadoras de telefonia móvel, administradoras de cartões de créditos e vendedores”, explica Shen.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top