Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Videloar investe R$ 250 mil para automatizar logística de fábrica de Manaus

Postado em: 29/05/2012, às 12:11 por Fabiana Rolfini

A Videolar, fabricante de mídias óticas e magnéticas e de resinas plásticas, concluiu um projeto de automação dos processos logísticos de uma de suas fábricas localizada em Manaus, no Amazonas, onde produz resinas derivadas do poliestireno, destinadas às indústrias eletroeletrônica de linha branca e copos descartáveis, entre outras aplicações. A companhia investiu aproximadamente R$ 250 mil na aquisição de hardware e na implantação do módulo SAP Console.

Realizado em parceria com a Resource, integradora de serviços de TI que foi responsável no desenho da solução de WM (automação de depósitos) e automação da logística, o projeto rendeu à Videolar maior agilidade e precisão na gestão do ciclo completo de movimentação de materiais na planta industrial de Manaus, que incluiu os processos de recebimento de matéria-prima, abastecimento, expedição e faturamento.

A instalação de uma linha de produção nova, que ampliou a capacidade produtiva da fábrica de 10 mil toneladas para 14 mil toneladas por ano de resina, foi o fator que motivou a realização do projeto. A empresa identificou nessa expansão uma oportunidade de tornar mais ágil e eficiente a gestão de todas as etapas do ciclo de logística da planta, que até então se baseava fortemente no fluxo de papel. Segundo Marcelo Rodrigues, gerente de TI da Videolar, eram gastos aproximadamente 40 folhas de tamanho A4 por dia para fazer a impressão dos documentos que circulavam na fábrica. 

Com os resultados obtidos, a Videolar decidiu ainda implantar a ferramenta WM e SAP Console em outras unidades industriais. O projeto está em andamento na planta que produz polipropileno biorientado (BOPP), plástico utilizado em embalagens flexíveis, como o da indústria alimentícia, e também na unidade que fabrica tampas e estojos plásticos.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top