Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CEO do Groupon rebate críticas sobre abertura de capital

Postado em: 29/08/2011, às 12:16 por Redação

Em e-mail endereçado a seus 10 mil funcionários, o executivo-chefe (CEO) do Groupon, Andrew Mason, finalmente respondeu aos remores que circulam no mercado de que o pedido de abertura de capital, feito em junho junto à Security and Exchange Commission (SEC), visa uma recomposição do caixa da companhia, que estaria enfrentando dificuldades financeiras em razão do grande número de empresas adquiridas nos últimos anos. Somente no ano passado a companhia comprou oito empresas.
O blog especializado em tecnologia All Things Digital teve acesso ao e-mail, no qual Mason diz que riu ao ler as notícias que diziam que a empresa estava ficando sem dinheiro em caixa. Ele também pediu aos empregados que não se deixem contaminar com os "impulsos pessimistas dos jornalistas".
O executivo também se defendeu das críticas e forneceu novos detalhes financeiros do site. Segundo ele, o Groupon deve crescer 12% em agosto na comparação com o mês anterior, enquanto espera queda de 20% nos custos. De acordo com o e-mail, o empresa gastou cerca de 20% no segundo trimestre com trabalhos de marketing, enquanto "empresas comuns gastam menos de 5%". Mason justifica que a estratégia faz do site único "simplesmente porque funciona".
Ele também se defendeu o uso da métrica contábil, chamada de ACSOI, sigla para lucro operacional de segmento consolidado ajustado, que exclui da contabilidade itens como despesas de marketing e pagamento de bonificações por meio de ações. A métrica que recebeu várias críticas por supostamente maquiar resultados negativos. "Nós achamos que a ACSOI faz uma boa descrição de nossos gastos, mas não percebemos que haveria tantos céticos em relação a ela", afirmou. O Groupon desistiu de utilizar a métrica controversa em uma atualização do pedido de IPO à SEC em agosto.
Sobre as demissões na filial na China, a Gaopeng, Mason não desmentiu nem confirmou, mas ressaltou que o país é um mercado diferente, no qual os índices de lucratividade estão sendo atingidos rapidamente. Ele enfatizou que a empresa subiu da posição 3.000 para oitava no ranking dos sites chineses de compras coletivas.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top