Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

EMS inova e usa dispositivos móveis para a tomada de decisão

Postado em: 29/08/2011, às 16:41 por Redação

Acompanhando uma tendência mundial, a EMS, empresa farmacêutica, passou a utilizar os dispositivos móveis como ferramenta de apoio aos seus negócios. Em 2010, tão logo foi lançado mundialmente o MicroStrategy Mobile, a empresa adotou essa plataforma, que expande as aplicações de Business Intelligence para iPhone e iPad e disponibiliza as informações necessárias para que as decisões sejam mais ágeis e assertivas.
Os dispositivos eletrônicos móveis, como o iPhone e o iPad, além dos recursos de entretenimento, permitem que todas as informações críticas para a tomada de decisão cheguem até as mãos dos decisores, independentemente de tempo ou do lugar onde estejam.
A EMS, com quase 50 anos de história, tem atuação nos segmentos de prescrição médica, genéricos, medicamentos de marca, OTC e hospitalar. Possui duas plantas produtivas: em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e em Hortolândia, na região metropolitana de Campinas (SP), onde funciona um moderno complexo industrial, incluindo o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento, um dos maiores da América Latina. São aproximadamente 4,5 mil colaboradores, incluindo uma das maiores equipes de propagandistas do País, com 1,5 mil profissionais que realizam, anualmente, cerca de cinco milhões de visitas médicas.
Walter Roberto Alves, da área de sistemas de TI da EMS, explica que, desde 2009, a empresa se empenha em criar soluções alternativas para a divulgação de informações aos seus executivos e, também, para as áreas de negócio que atuam em campo. No entanto, antes do MicroStrategy Mobile, existiam apenas cenários estáticos e sem interação com os usuários. O desafio era criar uma solução que acompanhasse a velocidade dos negócios e fosse capaz de suprir a necessidade de informações dos executivos, independentemente do local onde eles estivessem alocados.
"Com o surgimento dos equipamentos da Apple e de suas características inovadoras em termos de usabilidade e excelente qualidade gráfica, começamos a buscar soluções que pudessem ser aplicadas a essa arquitetura e encontramos o MicroStrategy Mobile. A plataforma nos surpreendeu positivamente. Até então, estávamos bastante limitados a portais Web para a publicação de nossos indicadores, que por sua vez, exigiam 100% de conectividade por redes sem fio ou 3G e comprometiam a mobilidade", ressalta Alves.
O MicroStrategy Mobile é utilizado atualmente pelos executivos de alto escalão (Diretores, Vice-Presidentes e Presidente) e pelo Presidente do Conselho do Grupo EMS via iPad. Eles conseguem analisar a Demonstração de Resultado (DRE) por empresa e divisão, evolução de vendas e apresentação de outros indicadores econômicos e financeiros, como faturamento, impostos, descontos, fretes, entre outros. Além disso, podem comparar a porcentagem de faturamento bruto versus a porcentagem da margem operacional por empresa e por divisão, o valor bruto faturado, a quantidade faturada, o preço médio faturado, a porcentagem de desconto comercial, o valor bruto médio, a porcentagem de lucro bruto por empresa e divisão – seja o valor acumulado no mês ou o obtido diariamente – e ainda a porcentagem de cobertura EBTIDA por empresa, divisão e consolidado.
Em breve, serão difundidos nos dispositivos móveis as visões e painéis de gestão das áreas comerciais e dos indicadores de Eficiência e Produtividade da Manufatura (OEE), ambos em fase de implementação. Segundo Alves, a mobilidade trouxe para o dia a dia da empresa um ambiente de discussão mais produtivo e com números mais confiáveis. "Os executivos estão buscando cada vez mais novos indicadores e usando os já existentes para o direcionamento de negócios. Graças aos treinamentos e ao apoio da MicroStrategy, estamos evoluindo rapidamente na criação de modelos exclusivos para o iPad e iPhone. Com isso, ganhamos muito no que diz respeito à produtividade das áreas e na agilidade em alguns processos. Os números são avaliados com bastante frequência e são utilizados para melhor definição das estratégias da EMS", explica.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top