Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Hospital Ana Costa interliga 11 unidades de atendimento

Postado em: 29/08/2011, às 15:09 por Redação

O Hospital Ana Costa, um dos maiores hospitais da Baixada Santista, tinha a necessidade de interligar as suas 11 unidades do grupo, motivo pelo qual decidiu implantar a uma rede corporativa não compartilhada, uma vez que anteriormente utilizava uma operadora com uma rede através de links de rádio (wireless) que seguia o conceito de rede privada com infraestrutura compartilhada.
O Hospital tinha semanalmente um alto índice de quedas e instabilidades, além de sobrecargas, maior latência na rede, vulnerabilidades e baixa performance, no que resultava em retrabalhos e lentidão nos processos administrativos do Hospital.
"Utilizávamos links com uma operadora que oferecia uma velocidade muito baixa. Muitas das nossas rotinas acabavam sendo feitas manualmente, enviadas para a matriz e depois lançadas no sistema, o que tornava o processo lento", revela o diretor administrativo do hospital, Marcio Antonio de Assis.
O departamento de TI do Ana Costa decidiu então buscar uma solução e optou pela Rede Corporativa – Não Compartilhada, solução exclusiva da integradora VCN. Para atender exatamente as necessidades do Hospital, a VCN desenvolveu um projeto sob medida e exclusivo desenhado para interligar as 11 unidades, incluindo Pronto-Socorro e Pronto-Atendimento.
A implantação da Rede Corporativa – Não Compartilhada do Hospital Ana Costa foi realizada de acordo com as necessidades e oportunidades de melhorias do Hospital. "Cumprimos as exigências da instituição que precisava de um sistema com disponibilidade, velocidade, estabilidade e cumprimento do SLA (Acordo de Níveis de Serviço)", declara o diretor comercial da VCN, Carlos Eduardo Rangel.
Para entender exatamente o desenho ideal e os equipamentos que deveriam ser utilizados no projeto, a VCN utilizou o seu Sistema de Geoprocessamento, que faz o processamento informatizado de dados georeferenciados, qualificação técnica dos equipamentos e frequências, para planejamento, expansão e otimização de redes.
Segundo Márcio Antonio de Assis, o Ana Costa ganhou agilidade na troca de informações e passou a disponibilizar serviços que não eram possíveis fora da matriz.
Nova unidade em Guarujá
O Complexo Hospitalar Ana Costa inaugura, ainda em 2011, uma nova unidade em Guarujá que contará com serviço de pronto atendimento 24 horas, além de coleta laboratorial, Raio-X, ultrassom, sala de emergência, entre outros serviços. São cerca de 1200 m², divididos em pavimento térreo, superior e amplo estacionamento, em imóvel construído especialmente para abrigar a nova unidade.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top