Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

CodeGear, a nova aposta da Borland para desenvolvedores

Postado em: 29/10/2007, às 21:38 por Redação

Desde 1983 a Borland manteve-se fiel à sua linha de produtos voltada aos desenvolvedores. Criada pelo lendário executivo Philippe Kahn, que na época rivalizava-se com Bill Gates, a empresa aposta de novo nesse filão, ao criar em abril passado a divisão CodeGear.

Para apresentar sua estratégia e produtos Jim Douglas, CEO da CodeGear, abriu nesta segunda-feira (29/10) a Conferência Anual da Borland, em São Paulo, que reuniu cerca de 600 profissionais entre usuários, desenvolvedores, funcionários e parceiros de negócios.

Ele explicou que a Borland está mais focada no desenvolvimento de soluções corporativas que contemplam o Lifecycle Management, enquanto a CodeGear pretende explorar o enorme mercado de aplicativos Java e softwares Open Source, que representam um promissor mercado em países como Brasil, China e Índia.

Ainda é cedo para falar em IPO, pois a divisão foi criada em abril como unidade independente, mas Douglas não esconde que a empresa desejar ter vôo próprio o mais breve possível.

?Outro objetivo é disseminar a cultura junto aos 80 mil desenvolvedores registrados no banco de dados da Borland no Brasil, nas mais de duas mil empresas desenvolvedores e em mais de 200 universidades formadoras de profissionais. No mundo, a empresa contabiliza 1,75 milhão de usuários?, acrescentou José Rubens Tocci, presidente da Borland no Brasil.

A Borland, junto com mais 16 empresas, desenvolve também um programa de treinamento para alunos carentes, o projeto Jedi, que oferece cursos de 200 horas em linguagem Java, com o objetivo de criar uma nova geração de profissionais capacitados.

WEB 2.0 e SOA

Um dos principais lançamentos da CodeGear é a linguagem 3rdRail, voltada para o framework da linguagem Ruby on Rail (RoR) usada no desenvolvimento de aplicaçoes WEB 2.0 e que também possibilita o reaproveitamento dos códigos dentro do concetio de SOA ? Service Oriented Architecture, independente se o ambiente seja Java ou dotNet.

O 3rdRail é uma ferrametna intuitiva, construída especificamente para o Ruby, com compreensão da semântica e das convenções da linguagem, possibilitando o desenvolvimento mais rápido em aplicações voltadas para banco de dados.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top