Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Oracle acusa HP de ocultar informações sobre plataforma Itanium

Postado em: 30/08/2011, às 20:02 por Redação

Pouco mais de dois meses depois de ter recorrido à Corte Superior do Condado de Santa Clara, na Califórnia, solicitando que a Oracle volte a fornecer suporte ao processador Itanium, da Intel, a HP agora é alvo de uma queixa, registrada pela Oracle, nesta terça-feira, 30, no mesmo tribunal, na qual é acusada de fraude por ocultar informações durante as negociações entre as duas companhias. O estopim da pendenga entre elas é que em março a Oracle decidiu descontinuar seu suporte para o Itanium, microprocessador da Intel para tarefas computacionais pesadas.
Segundo documento entregue ao tribunal pela Oracle, a HP ocultou o fato de que estava prestes a contratar Leo Apotheker como presidente-executivo e Ray Lane como presidente do conselho de administração, diz o processo. Apotheker e o presidente-executivo da Oracle, Larry Ellison, são rivais de longa data, desde o tempo em que Apotheker comandava a fabricante de softwares europeia SAP. O presidente do conselho da HP, Ray Lane, e Ellison, têm uma relação difícil há muito tempo.
A HP, por sua vez, acusa a Oracle de ter contratado o seu ex-presidente-executivo, Mark Hurd, no ano passado, após ele ter deixado a empresa em meio a acusações de ter mantido relacionamento sexual com uma funcionária terceirizada da empresa. Ela, inclusive, entrou com processo afirmando que a entrada de Hurd na Oracle colocava em risco segredos comerciais. Além disso, a HP diz que a Oracle sabia que a acusação de que tinha conhecimento de que a Intel estava planejando parar de fabricar o chip era falsa, porque Hurd ocupava o cargo de CEO na época (veja mais informações em "links relacionados" abaixo). Mas nos documentos encaminhados nesta terça-feira, a Oracle afirma que a HP induziu a empresa de forma fraudulenta a fazer acordo no caso envolvendo Hurd.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top