Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Zynga só deve abrir capital depois de outubro

Postado em: 30/08/2011, às 12:38 por Redação

A abertura de capital da empresa de jogos sociais Zynga não deve ocorrer antes outubro, de acordo com fontes próximas à empresa ouvidas pela CNBC. A empresa espera levantar ao menos US$ 1 bilhão com a oferta inicial pública de ações (IPO, na sigla em inglês).
Diversos obstáculos travam o IPO da empresa, inclusive a aprovação dos documentos apresentados com o pedido à Securities and Exchange Commission (SEC) em julho. Nas últimas semanas, o órgão regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos pediu esclarecimentos sobre algumas métricas utilizadas nos demonstrativo financeiro da empresa.
O caso é similar ao do Groupon, que usou a métrica contábil ACSOI (sigla para lucro operacional de segmento consolidado ajustado), que exclui da contabilidade itens como despesas de marketing e pagamento de bonificações por meio de ações. Depois de ter recebido várias críticas dos investidores e pedidos de explicações da SEC por supostamente maquiar resultados negativos, o site de compras coletivas decidiu deixar de empregá-la.
"As métricas da Zynga são menos preocupantes que as do Groupon", afirmou uma pessoa ligada ao assunto ouvida pelo site de notícias. Um ponto questionável é a confiabilidade de uma métrica chamada "bookings", que a empresa define como o montante que ela consegui arrecadar recentemente por meio da venda de bens virtuais e anúncios em seus games.
Esse processo, segundo a fonte, difere da forma como a Zynga trata a publicidade ou a receita pela venda dos games, normalmente obtida ao longo da vida do produto. A Zynga admite que o bookings não faz parte dos princípios aceitáveis de mensuração. "Esta informação deve ser considerada como suplementar", diz o documento que a explica, "e não significa substituir a receita de acordo com os princípios contábeis normalmente aceitos nos Estados Unidos (US GAAP, na sigla em inglês)", completa.
O calendário fiscal também é outro ponto quetionável, devido aos feriados nos EUA e as ofertas de planos de ações previstas. Assim, o IPO, antes previsto para setembro, só deve acontecer depois de outubro, talvez novembro.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top