Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Produto desenvolvido pela McAfee e Intel reinventa a abordagem de segurança

Postado em: 30/10/2011, às 21:16 por Redação

A McAfee anuncia o software de segurança auxiliado por hardware capaz de detectar grande parte dos malwares do modo kernel, ou modo supervisionado: o McAfee Deep Defender, a próxima geração de segurança de terminais do mercado. Para alcançar esse nível de proteção, o Deep Defender conta com a tecnologia McAfee DeepSAFE, com camada de proteção localizada além do sistema operacional, permitindo proteger um conjunto de programa e gerenciar recursos da plataforma.
A McAfee trabalhou em  colaboração com a Intel para criar uma segurança auxiliada por hardware, projetada para impedir e corrigir os comportamentos furtivos avançados utilizados por rootkits e APTs (ataques persistentes e dirigidos). O número crescente de ameaças e o surgimento desses ataques persistentes e dirigidos exigem uma nova abordagem de segurança. “A nova tecnologia desenvolvida pela parceria entre McAfee e Intel abre novos caminhos para a detecção e prevenção de ameaças, serviço fundamental para nossos clientes”, afirma Michael Dyer, vice-presidente do Grupo Digitalera.
O McAfee Deep Defender protege o software de sistema vital que reside na memória física e cria nova visão dos drivers e de outros aplicativos no momento durante o funcionamento. Além disso, o McAfee Deep Defender oferece:
• Monitoramento em tempo real da memória e da CPU – O McAfee DeepSAFE possibilita a visibilidade detalhada dos aplicativos do equipamento e o McAfee Deep Defender reconhece técnicas empregadas por malwares furtivos e permite que os administradores visualizem, em tempo real, os processos da memória, com a possibilidade de bloquear ou negar ações. 
• Verdadeira detecção no dia zero – O McAfee Deep Defender dispensa conhecimento prévio do rootkit para detectar a sua existência. 
• Proteção contra ameaças conhecidas e desconhecidas – A tecnologia comunica, bloqueia, coloca em quarentena e elimina ameaças conhecidas e desconhecidas que tentam se instalar na memória. No caso de malwares suspeitos ou desconhecidos, o McAfee Deep Defender envia uma impressão digital do código à rede McAfee Global Threat Intelligence e, então, executa a ação configurada. 
• Gerenciamento Centralizado com a plataforma McAfee ePolicy Orchestrator – Com o mesmo console ePolicy Orchestrator já utilizado em soluções de segurança de terminais existentes da McAfee, os clientes podem receber painéis de controle e relatórios que aumentam a visibilidade de ameaças ocultas.
“A união do conhecimento da McAfee e da Intel possibilita o desenvolvimento de novos produtos capazes de proteger o futuro da TI e da Iinternet”, comenta Todd Gebhart, copresidente da McAfee. “Os criminosos criam diversas formas de ocultar os malwares, mas não podem escondê-los quando interagem com o hardware, a memória ou o sistema operacional. O software permite detectar as interações e oferecer nível superior de proteção aos clientes, bloqueando alto número de ameaças. O McAfee Deep Defender representa uma nova abordagem de segurança”.
“A segurança é um pilar fundamental da computação”, ressalta Renée James, vice-presidente sênior e gerente-geral do Grupo de Software e Serviços da Intel. “Trabalhamos para garantir que os usuários tenham uma experiência segura e produtiva em todas as plataformas da Intel que usam as tecnologias McAfee. A segurança é uma das principais preocupações das companhias e é essencial que a tecnologia da informação e computação sejam protegidas de maneira eficaz contra invasões causadas por violações de segurança e malwares. Unidas, as empresas repensam a abordagem dos produtos para elevar o nível de proteção”.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top