Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Cimcorp fatura R$ 90 milhões e cresce 17% em 2006

Postado em: 31/01/2007, às 22:34 por Redação

A Cimcorp, integradora e provedora de soluções de tecnologia da informação e outsourcing, registrou um salto de 17% no faturamento em 2006 em relação ao ano passado, totalizando R$ 90 milhões. O bom resultado, segundo a companhia, se deve à aposta nos contratos de serviços de gestão de TI, que corresponderam a 44% da receita obtida no período.

"Voltamos nosso foco para as companhias com estruturas de TI complexas, que demandam ambientes gerenciados. Formatamos novas ofertas justamente para atender suas necessidades?, afirma o presidente da Cimcorp, Tadeu Fucci, ao citar a solução de Gerência de Servidores e Storage (GSS), que deve ser responsável por 10% da receita obtida com serviços pela Cimcorp em 2007.

De acordo com Fucci, os contratos de serviços de gestão devem crescer em 2007, correspondendo a 55% de todo o faturamento obtido no ano que vem, contra os 45% no ano passado.

Um outro fator positivo para os resultados da Cimcorp, apontado por ele, foi o bom desempenho apresentado pela unidade de canais, que registrou 45% de crescimento em vendas em 2006 em relação ao ano anterior. ?Com isso, a empresa consolidou sua atuação em locais onde já estava presente e fortaleceu sua presença no interior de São Paulo, com ênfase nas cidades de Bauru, Ribeirão Preto e Campinas?, diz Fucci.

O executivo destaca também como causa do bom desempenho grandes contratos fechados com empresas como a Prodemge, Gerdau, Telemig, Caixa Econômica Federal, Fundação Universidade de Brasília (Belo Horizonte e Brasília), Tribunal de Justiça de Santa Catarina (Curitiba e Porto Alegre) e o Banco Merril Lynch (São Paulo).

Segundo o presidente da Cimcorp, a meta para 2007 é atingir 15% de crescimento em relação ao ano passado. ?Vamos manter a estratégia de focar nos serviços de gestão, sobretudo nas 500 maiores empresas?, afirma Fucci.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top