Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Politec terá fábrica de software na China

Postado em: 31/03/2006, às 19:17 por Redação

A Politec vai instalar uma fábrica de software na China para atender ao setor financeiro e órgãos de governo. O centro de desenvolvimento vai funcionar no distrito de Xangai, o centro financeiro daquele país, com a concentração de praticamente todos os grandes bancos.

O empreendimento é resultado de um acordo de cooperação cientifica, tecnológica e de negócios assinado nesta quinta-feira, 30/03, com o secretário geral do Partido Comunista da China no Distrito de Xangai, Zhabei Yao Hai Tong.

A parceria vem poucos dias depois da assinatura de um contrato entre a empresa brasileira e a chinesa Neusoft, para formação de uma joint venture focada na oferta de soluções de outsourcing naquele país.

?O acordo com Xangai abre uma segunda porta para nossa empresa na China?, diz Hélio Santos de Oliveira, presidente da Politec.

A fábrica de software, que entrará em operação em Xangai, contará com quatro técnicos do Brasil, com domínio do idioma chinês e mão-de-obra local. O centro desenvolverá aplicações e também prestará serviços de manutenção de sistemas para bancos.

O primeiro cliente é o Banco da Agricultura, que já tinha contrato de outsourcing com a Neusoft. Entretanto, Oliveira informa que a sua parceira não oferecia ainda manutenção de sistemas, serviço que passará a ser prestado agora pela joint venture.

Oliveira diz que a Politec está levando para a China toda a experiência que adquiriu no Brasil no segmento financeiro. Segundo ele, há muitas oportunidades para a companhia naquele país, onde a automação bancária ainda está longe da sofisticação brasileira nesta área.

As transações bancárias na China ainda não são em tempo real e os ATMs (caixas automáticos) oferecem poucos recursos aos correntistas. Como o maior banco da China tem 100 milhões de correntistas, o executivo diz que haverá muito trabalho para a Politec.

A empresa está investindo US$ 5 milhões na China e espera que a operação tenha um grande peso no seu faturamento de US$ 100 milhões, projetado para os próximos três anos com o outsourcing offshore.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top