Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Reorganização: receita da HPE cai 13% no trimestre

Postado em: 31/05/2017, às 21:19 por Redação

A Hewlett Packard Enterprise (HPE) anunciou nesta quarta-feira, 31, os resultados financeiros para o segundo trimestre fiscal de 2017, encerrado em 30 de abril de 2017, que foram reformulados para refletir a fusão de seus negócios Enterprise Services como operações descontinuadas. A receita líquida do segundo trimestre das operações contínuas de US$ 7,4 bilhões caiu 13% em relação ao período anterior e 5% menor quando ajustado para desinvestimentos e divisas.

"Apesar de alguns ventos desfavoráveis, fechamos os segundo trimestre de acordo com nossa perspectiva", disse Meg Whitman, presidente e CEO da Hewlett Packard Enterprise. "Nós vimos força nos principais componentes da nossa estratégia de crescimento, incluindo computação de alto desempenho, Aruba, todo o armazenamento flash e serviços de tecnologia. Embora tenhamos muito mais trabalho a fazer, os resultados do trimestre da HPE me dão confiança de que nossos esforços e nos serviços oferecidos para clientes e parceiros.

"Enquanto enfrentamos a pressão da margem no segundo trimestre, esperamos melhorias durante o resto do ano, pois atenuamos a pressão sobre os custos das commodities e eliminamos os custos associados às fusões e aquisições", disse Tim Stonesifer, CFO da Hewlett Packard Enterprise. "A conclusão da fusão de nossa empresa de Serviços Corporativos nos dá a oportunidade de otimizar ainda mais a estrutura de custos do futuro HPE. Estamos agora focados em gerar um aumento de US 200 a US$300 milhões em economia de custos apenas no segundo semestre deste ano. Nós mantemos a perspectiva para o ano fiscal de 2017 ".

Resultados por segmento de segundo trimestre

A receita do Grupo foi de US$ 6,2 bilhões, queda de 13% ano a ano, queda de 7% quando ajustado para desinvestimentos e moeda, com uma margem operacional de 8,8%. A receita dos servidores caiu 14%, a receita de armazenamento caiu 13%, a receita de rede diminuiu 30%. E a receita dos Serviços de Tecnologia caiu 2%.

A receita de software foi de US$ 685 milhões, queda de 11% ano a ano, queda de 9% quando ajustado por desinvestimentos e moeda, com uma margem operacional de 26,4%. A receita de licenças diminuiu 29%, uma queda de 28% quando ajustada para desinvestimentos e moeda, a receita de suporte caiu 4%, plana quando ajustada por desinvestimentos e moeda, a receita de Serviços Profissionais caiu 17%, queda de 16% quando ajustada por desinvestimentos e moeda, E a receita de Software-as-a-service (SaaS) aumentou 3%.

A receita dos Serviços Financeiros foi de US$ 872 milhões, um aumento de 11% ano a ano, os ativos da carteira líquida diminuíram 1% e o volume de financiamento caiu 7%. O negócio apresentou uma margem operacional de 8,9%.

A receita líquida combinada de US $ 9,9 bilhões inclui US $ 7,4 bilhões de operações contínuas  da Enterprise Group, HPE Financial Services e Software e US $ 2,5 bilhões associados a operações descontinuadas (dois meses de Enterprise Service).

Tags: , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top