Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Guerra no mercado de chip faz lucro da Fujitsu cair 80%

Postado em: 31/07/2007, às 19:01 por Redação

A fabricante japonesa de computadores Fujitsu encerrou o segundo trimestre com queda de 80% no lucro operacional. A empresa atribui o resultado à forte redução nos preços dos chips e dos discos rígidos, em decorrência do acirramento da concorrência no mercado.

Para tentar fazer frente a esse cenário, que desde o ano passado tem se mostrado inóspito devido ao recuo dos preços de partes e peças de computadores, a Fujitsu realizou uma série de aquisições de empresas de serviços com o objetivo de impulsionar sua presença nesse mercado, no qual as margens estão sob menos pressão. A estratégia da companhia foi desencadeada, particularmente, no exterior.

Mesmo assim, o plano ainda não conseguiu reverter o resultado desfavorável no trimestre. Segundo a Fujitsu, o lucro operacional caiu para 2,95 bilhões de ienes (o equivalente a US$ 24,5 milhões) em relação ao mesmo período do ano passado, resultado também da queda nas vendas de estações radiobase de telefonia móvel e sistemas ópticos de transmissão, segundo notícia publicada pela jornal britânico Financial Times.

A companhia também registrou um recuo da receita líquida, para 14,78 bilhões de ienes, por causa de uma decisão para adotar regras mais rígidas de contabilidade, passando a contabilizar em seus livros fiscais as partes e peças não utilizadas.

A despeito do mau resultado, a Fujitsu espera aumentar o lucro nos próximos 12 meses de 5 bilhões de ienes para 195 bilhões de ienes, numa estimativa conservadora. Como parte de seu plano de expansão, a Fujitsu pretende continuar com sua política de aquisições de empresas de serviços no exterior. Mas, para isso, ela ainda terá de vencer alguns obstáculos. A última investida da companhia, que recentemente fez uma oferta de 395 milhões de euros (o equivalente a US$ 542 milhões) para comprar a empresa de serviços francesa GFI Informatque, na foi bem-sucedida. O conselho de administração da GFI recomendou que os acionistas recusassem a proposta, por considerá-la baixa, e sem que a Fujitsu se dispusesse a aumentá-la.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top