Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Participação do Brasil no Gartner Summit supera expectativas

Postado em: 31/08/2005, às 17:30 por Redação

Três dias de muitos contatos renderam às empresas brasileiras presentes ao "Gartner Financial Services Technology Summit", conferência realizada em Nova York que se encerrou nesta quarta-feira 31, mais de 120 oportunidades concretas de negócios.

"Foi, sem dúvida, um evento extremamente importante, não só pela presença de fortes players internacionais, como Índia e Irlanda, mas pelo perfil qualitativo diferenciado dos conferencistas do encontro, integrado, basicamente, por CEOs, CFOs, CIOs e executivos das indústrias de TI, bancos, financeiras e seguros dos Estados Unidos", analisa Djalma Petit, coordenador-adjunto da Softex que, em parceria com a Apex Brasil, articulou a presença do Brasil no encontro.

Ao todo, participaram da delegação brasileira oito empresas: ACS, BRQ, CPM, DBA, Politec, Stefanini, YKP e YMF. Para Petit, a estratégia de organização sistemática de ações de promoção internacional do expertise brasileiro na oferta de soluções e de serviços de TI para a vertical de finanças ? que deverá movimentar gastos globais da ordem de US$ 430 bilhões para 2007, segundo estudos do Gartner ? tem-se mostrado a mais indicada.

O executivo pondera que embora os analistas ainda não vejam o Brasil como um player de peso, a constante participação de empresas brasileiras em eventos segmentados contribui bastante para reverter esse quadro. Petit adianta que a Softex já preparou um plano com os representantes das empresas brasileiras para garantir a continuidade e o acompanhamento dos contatos estabelecidos em Nova York.

O diretor de novos negócios da CPM, Ricardo Asse, comemora os promissores contatos realizados com executivos de grandes bancos e seguradoras. "Foram dias muito importantes para networking, não só com participantes, mas também com analistas de mercado?, diz ele, ao comentar que, quando foi debatida a questão de sourcing, o Brasil nem foi mencionado, mas apenas a Índia, Filipinas e China. ?Temos que continuar trabalhando junto aos institutos, como Gartner, para garantir que o país seja efetivamente incluído no radar. Só assim ganharemos credibilidade e nos tornaremos referência no mercado internacional", completa.

"Acreditamos que a participação da Stefanini IT Solutions no Gartner Summit foi extremamente positiva no sentido de fixar a nossa marca em um mercado prioritário. A iniciativa permitiu que apresentássemos nosso expertise às empresas estrangeiras e isso é muito importante para alavancarmos novos negócios e fixarmos o nome Stefanini", comenta Antonio Moreira, diretor responsável pelas ações da companhia nos Estados Unidos.

Tags:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top