Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Empresa traz nova plataforma de pagamentos móveis para o Brasil

Postado em: 31/08/2011, às 18:31 por Claudiney Santos

A MAIS – Mobile Applications Information Systems vai lançar oficialmente em outubro próximo a plataforma de transações financeiras da Utiba, empresa fundada em 2001, em Cingapura, através de um acordo de representação exclusiva. A informação é de Milton Isidoro, acrescentando que estão em andamento vários projetos pilotos em empresas do segmento de benefícios, vale transporte, redes sociais e frete. Também participar da operação a fabricante paulistana de smartphones e pocket PCs Elef.
A plataforma tem o conceito de carteira eletrônica, em que os diversos tipos de transações financeiras são realizadas por meio da transferência de dados, bastando o usuário usar login e senha para acesso seguro. Ela está disponível para a maioria das plataformas móveis, como iOS, Android, Windows Phone e BlackBerry, já que foi desenvolvida em linguagem Java.
Isidro explica que a plataforma possibilita serviços como recarga, pagamentos de contas com código de barras, transferência de valores entre contas, transferência de fundos internacionais, todo tipo de vouchers etc. A MAIS está negociando com empresas para comercializar jogos nos dispositivos móveis.
Para as empresas, a plataforma pode oferecer novos tipos de soluções. "Um restaurante pode entregar vários celulares para os garçons que podem lançar pagamentos, inclusive de numerário, concentrados num dos aparelhos, permitindo gerenciar todas as receitas de diferentes maneiras, contabilizar e executar as transferências bancárias. Um pai pode gerenciar a mesada de seus filhos, como uma extensão do seu próprio aparelho, fazendo as transferências de dinheiro entre a sua conta para as dos filhos", exemplifica.
A plataforma foi escolhida em julho passado pelo Banco Central do Equador para implantar um projeto social baseado em carteira eletrônica, envolvendo a integração com a identidade dos cidadãos. (veja mais informações em "links relacionados" abaixo).
Isidro explica ainda que a plataforma está hospedada num data center da Diveo, com um gateway de pagamento com a norma ISO-8583, o que garante a segurança das transações. Segundo ele, por não envolver dinheiro, não precisa de autorização do Banco Central para operar.

Tags: ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top