Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Ações do Groupon desabam 31% após prévia de resultados abaixo das expectativas

Postado em: 04/11/2015, às 12:36 por Redação

A projeção do site de e-commerce local Groupon para o quarto trimestre, divulgada junto com os resultados financeiros do terceiro trimestre, frustrou Wall Street. Um dia após a divulgação do balanço, as ações da empresa abriram o pregão da Nasdaq nesta quarta-feira, 4, negociadas a US$ 2,85, queda de 29%. Às 12h50 (horário de Brasília), o recuo atingiu pico de 31%, com os papéis cotados a US$ 2,78. As ações da empresa fecharam o pregão negociadas a US$ 2,97, queda de 26%.

A companhia divulgou que espera alcançar receita entre US$ 815 milhões e US$ 865 milhões e lucro por ação de até US$ 0,01 no quarto trimestre, projeções abaixo das estimativas de analistas, que estimavam receita entre US$ 900 milhões e US$ 1 bilhão e lucro por ação entre US$ 0,05 e US$ 1,12 no período. Além disso, a empresa registrou prejuízo de US$ 27,6 milhões no terceiro trimestre, perda 30% maior frente ao prejuízo de US$ 21,2 milhões registrado em igual período de 2014.

Ainda no terceiro trimestre, a receita líquida do site permaneceu estável em um ano, somando US$ 713,6 milhões. A receita proveniente da América do Norte teve alta de 11%, totalizando US$ 464 milhões, enquanto a da região formada por Europa, Oriente Médio e África (EMEA, na sigla em inglês) somou US$ 199,2 milhões, queda de 13%. Os ganhos no restante do mundo foram de US$ 183,8 milhões, declínio de 19%.

O número de usuários ativos do Groupon cresceu 4% em um ano, para 48,6 milhões, sendo 25,2 milhões de novos usuários na América do Norte, 15,4 milhões na região EMEA e 8 milhões no restante do mundo.

Novo CEO

O Groupon também anunciou, junto com o informe de resultados, a nomeação de Rich Williams, até então COO da companhia, como novo CEO, sucedendo o cofundador da empresa, Eric Lefkofsky, que atuava na função desde agosto de 2013, e que retornará ao cargo de chairman do Conselho de Administração.

Antes de ser COO do Groupon, Williams foi presidente da companhia na América do Norte, desde 2014, onde trabalhou para solidificar o playbook do Groupon nos Estados Unidos durante uma parte crítica da transição da empresa para um mercado de mobilidade local. Nessa função, ele ajudou a orientar a América do Norte para cinco trimestres consecutivos de crescimento de dois dígitos. O executivo ingressou na empresa em junho de 2011 como vice-presidente sênior de marketing.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top