Converge Comunicações -

RSS Feed Compartilhe TI INSIDE Online no Facebook Compartilhe TI INSIDE Online no Twitter Compartilhe TI INSIDE Online no Google+ Compartilhe TI INSIDE Online no Linkedin

Facebook diz que vai apelar de decisão de tribunal na Bélgica contra rastreamento de usuários

Postado em: 09/11/2015, às 19:53 por Redação

O Facebook anunciou nesta segunda-feira, 9, que vai apelar da decisão de um tribunal comercial de Bruxelas, na Bélgica, favorável à Comissão de Proteção da Privacidade que processou a rede social por causa do seu sistema de rastreamento dos usuários, sem o consentimento dos mesmos.

A comissão moveu a ação após divulgar um relatório em maio passado acusando o Facebook de processar dados pessoais de seus membros e de outros usuários de internet 'em segredo', sem o consentimento deles ou sem explicar como os dados serão usados.

O tribunal determinou que o Facebook deve parar, dentro de 48 horas, de recolher de dados sobre a navegação dos usuários quando não estão logados na rede social, sob pena de receber multa diária de 250 mil euros (US$ 269 mil).

"Nós usamos cookies de dados por mais de cinco anos para manter o Facebook seguro para 1,5 bilhão de pessoas ao redor do mundo. Vamos recorrer dessa decisão e estamos trabalhando para minimizar qualquer perturbação para o acesso das pessoas ao Facebook na Bélgica", disse uma porta-voz do Facebook ao The Wall Street Journal, sem, no entanto, fornecer detalhes sobre o veredicto.

O Facebook reconheceu que recolhe dados sobre a navegação dos usuários, mesmo quando não estão logados. Isso é feito por meio de cookies (trecho de código de computador) que ele insere no navegador de internet do usuário quando ele visita o site da rede social. Os relatórios de cookies retornam para o Facebook sempre que o navegador acessa uma página da web com um plug-in social ativo, como um botão de "like".

O Facebook diz que o processo é necessário para fins de segurança, tais como proteger as pessoas de spams, malwares e outros ataques. A empresa diz que usa as informações dos cookies somente para eliminar navegadores "pilotados" por uma máquina, em vez de um ser humano, e descarta os dados de navegação depois de dez dias. Navegadores comandados por máquinas são, em sua maioria, utilizados para invadir páginas dos usuários do Facebook, diz a empresa.

Tags: , , , , , , , ,

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Nome (obrigatório)

E-mail (não será mostrado) (obrigatório)

Website

Mensagem (obrigatório)



Top